Mundo

China anuncia encerramento de partes da Grande Muralha e outros monumentos

Muralha da China

A China anunciou o encerramento de partes da Grande Muralha e de monumentos emblemáticos em Pequim, como parte das medidas para controlar a propagação do novo coronavírus, que já matou pelo menos 25 pessoas.

Os túmulos imperiais da dinastia Ming e a floresta de pagodes serão fechados a partir de sábado, informaram as autoridades.

O Estádio Nacional de Pequim, conhecido como “ninho de pássaro”, construído para as Olimpíadas de Pequim em 2008, foi fechado esta sexta-feira e permanecerá fechado até 30 de janeiro para “prevenir e controlar” a propagação da doença. Um espetáculo de neve e gelo no recinto do estádio também foi cancelado.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW