Local

Ontário vai reabrir algumas lojas de retalho

Ontário é líder nacional no número de testes diários per capita. A informação foi avançada segunda-feira (4) pelo Premier Doug Ford que explicou que atualmente os laboratórios da província estão a fazer mais de 16,000 testes diários e que os testes foram reforçados sobretudo nos utentes e nos funcionários de lares de idosos.

“Esse marco importante fornece uma base sólida para reabrir gradualmente a nossa economia e fazer com que as pessoas regressem ao trabalho, enquanto protegemos a saúde e a segurança de todos os ontarianos”, disse Ford na conferência de imprensa.

A província aumentou também o número de testes em hospitais, abrigos e infantários e depois das amostras serem recolhidas os laboratórios estão a fornecer os resultados entre 24 e 48 horas.

O presidente da Câmara Municipal de Toronto diz que quando as empresas começarem a reabrir em Toronto, o “novo normal” provavelmente vai envolver mais planeamento, incluindo reservas para tudo, desde sentar num pátio até comprar roupas numa loja. “Acho que as pessoas devem se acostumar com o facto de que, para muita coisa, elas vão ter que marcar uma consulta”, disse John Tory à CP24.

O autarca explicou que os restaurantes, por exemplo, vão ter de controlar o número de clientes e espera que Toronto, tal como Ontário, também possa começar a reabrir algumas áreas de atividade. Ainda assim, John Tory defende que o processo de reabertura da economia vai depender do comportamento das pessoas.

A recolha de resíduos de jardim vai voltar à normalidade em Toronto. Os centros de jardinagem e os viveiros também vão voltar a operar, anunciou a autarquia segunda-feira (4) em comunicado. A autarquia suspendeu inicialmente a recolha deste tipo de lixo em março, para garantir que a recolha dos outros resíduos não era afetada durante a pandemia da COVID-19. “Acho que as pessoas não vão trabalhar e estão a ocupar-se nos seus jardins. As pessoas devem saber que os centros de jardinagem vão estar abertos agora e que os resíduos do jardim vão ser coletados regularmente”, explicou o autarca. Em três semanas a recolha de resíduos de jardim aumentou 28% em relação ao ano passado. A Câmara de Toronto recolheu entre 6 e 25 de abril 11,000 toneladas de resíduos de jardim.

O Tribunal de Justiça de Ontário adiou a sua abertura para 6 de julho. O Tribunal opera em mais de 200 locais em toda a província e ouve cerca de 590,000 questões criminais todos os anos. Há sete semanas, num esforço para impedir a disseminação da COVID-19, os tribunais mais movimentados do país suspenderam todos os julgamentos até o final de maio.

Na terça-feira (5), o Governo de Ontário expandiu os serviços online de saúde mental para ajudar os que sofrem de ansiedade e depressão durante a pandemia, incluindo profissionais de saúde e trabalhadores de serviços essenciais. O programa foi desenvolvido em parceria com a MindBeacon e a Morneau Shepell e o acesso é gratuito. O Premier de Ontário, Doug Ford, diz que “embora o vírus tenha causado um grande impacto nas nossas vidas quotidianas, o Governo está a fazer todo o possível para manter as pessoas saudáveis, física e mentalmente”.

19 pacientes e 46 funcionários do Toronto Western Hospital estão infetados com COVID-19.  O hospital anunciou que vai aumentar o número de testes em funcionários e que algumas cirurgias urgentes vão ser transferidas para outro hospital.

Dois pacientes do Toronto Western Hospital já tinham falecido devido ao COVID-19 e outros hospitais da GTA, como o North York General Hospital, o SickKids e o St. Joseph’s Health Centre, já relataram casos de COVID-19 nas suas instalações.

O preço médio de uma moradia em Toronto caiu 7,8%, para $ 1,25 milhões em abril, em comparação com o ano passado. Em toda a região, o preço das casas caiu 3,5%, para uma média de $983.630. Os números são do Conselho Regional de Imóveis de Toronto (TRREB).

Toronto vai abrir 81 hortas comunitárias. O presidente da Câmara Municipal de Toronto diz que os espaços vão abrir esta semana e que a autarquia vai colocar sinalização a informar sobre as regras de distanciamento físico, tal como tem feito nos parques municipais. As hortas comunitárias de Toronto fornecem 25 agências que fornecem mais de 2,000 kg de vegetais frescos para a população mais carenciada.

O Premier Doug Ford diz que esta sexta-feira (8), a partir do meio dia todos os viveiros e centros de jardinagem podem abrir e sábado (9) as lojas de hardware também vão poder abrir. Na próxima segunda-feira (11) é a vez de algumas das lojas de retalho abrirem as portas. As lojas vão ter de cumprir com as novas normas de segurança e de higiene da província e na conferência de imprensa de quarta-feira (6) o Premier avançou que o próximo passo é abrir a construção residencial.

Ontário prolongou o estado de emergência por mais duas semanas. Até 19 de maio continuam encerrados os serviços que não são essenciais e os pavilhões de recreio e as concentrações públicas com mais de cinco pessoas continuam a ser proibidas. As famílias, quintas e pequenos empresários também vão continuar a pagar menos pela fatura da eletricidade até 31 de maio.

O LCBO vai alargar o seu horário de funcionamento a partir de 14 de maio. Cerca de 360 pontos de venda, que estavam em horário reduzido durante a pandemia, vão estar abertos de terça-feira a sábado das 10AM às 9PM e aos domingos o LCBO vai funcionar das 11AM às 6PM.

Ontário está a preparar um plano para retomar as cirurgias que foram suspensas devido à pandemia. A informação foi avançada quinta-feira (7) pelo Premier Doug Ford que confirmou que os hospitais já estão a ser informados para se preparem. A ministra da Saúde lamentou a situação, mas disse que a COVID-19 obrigou a tomar medidas duras. O Governo não avançou nenhuma data e diz que vários peritos estão por detrás da criação deste plano.

O Premier Doug Ford decretou que os ontarianos devem desfrutar dos seus cottages no fim de semana grande do Victoria Day que se celebra a 15 de maio. A informação chegou às redações depois do Premier se ter reunido quinta-feira (7) em teleconferência com os autarcas das áreas rurais da província. Doug Ford pede, no entanto, às pessoas que colaborem, que não façam paragens pelo caminho e que evitem socializar. Ford sublinhou ainda que os autarcas apelaram às pessoas para não visitarem Muskoka, Haliburton e outras regiões bucólicas. Os autarcas temem que os proprietários dos cottages possam levar o vírus até estas regiões que tiveram até aqui poucos casos de COVID-19 e receiam que os hospitais das cidades pequenas fiquem lotados.

Joana Leal/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW