Local

O Rancho Folclórico do PCC de Mississauga festejou o 32º Aniversário

O 32º aniversário do Rancho Folclórico do PCCM foi comemorado no passado dia 19 de outubro na sede do clube. Foram perto de 500 pessoas que não quiseram perder a comemoração de mais um aniversário deste rancho folclórico que já tem nome para lá da fronteira canadiana e prova disso é o rancho ter chegado, há pouco menos de um mês, de uma atuação em Nova Jérsia, nos EUA, como referiu orgulhosamente o presidente do PCCM, Tony de Sousa.

A noite começou com os habituais discursos, seguindo-se de um brinde ao “aniversariante” com champanhe. Após o jantar, a banda Mexe Mexe subiu ao palco e deu início à primeira parte do baile, com Henrik Cipriano a animar os presentes com as suas canções e boa disposição a que todos já estão habituados. Cerca de 45 minutos depois, deu-se um interregno para que o Rancho Folclórico do PCCM pudesse finalmente apresentar o seu reportório. A alegria com que os elementos deste rancho dançaram contagiou a sala e em troca os convidados aceitaram o desafio participando numa das modas e presentearam o rancho, na “saída”, com uma ovação. Logo de seguida fez-se o sorteio que era constituído por um certificado no valor de $ 100.00; uma bicicleta, uma televisão LED e uma viagem para Portugal, patrocinada pela AirTransat.

A festa continuou com a banda Mexe Mexe a iniciar a 2ª parte do baile que foi pela noite dentro.

O Rancho Folclórico do PCCM é atualmente constituído por cerca de 70 elementos, sendo a maioria jovens e representa todas as regiões de Portugal Continental, Açores e Madeira, como se pode constatar nos trajes que envergam e no repertório que apresentam nas danças. Andrew Câmara e Nancy Vieira têm a seu cargo a escolha dos temas e da coreografia, respetivamente. Angie Câmara, diretora do Rancho Folclórico do PCCM, falou ao Milénio Stadium um pouco acerca do percurso deste rancho, desde que foi formado. “O rancho foi fundado em 1987, na Dixie e Dundas – a primeira localização do clube. Em 2001, quando nos mudámos para aqui, houve uma reorganização do rancho com o objetivo de cantar e dançar temas do Norte ao Sul, dos Açores e da Madeira e atingimos o objetivo”. Quanto à forte adesão da juventude neste rancho, Angie Câmara disse que “os nossos jovens gostam de promover as nossas raízes, a nossa cultura e nós aqui somos uma família… Talvez seja esse o segredo!”. Nos 32 anos de existência nunca houve problemas em encontrar quem quisesse dançar, contudo “a maior dificuldade é encontrar tocadores” pois “quanto maior for o número de tocadores, mais lindo fica e a música ao vivo é um componente muito importante do rancho”, confidenciou Angie Câmara.

O Milénio Stadium felicita o Rancho Folclórico do PCC de Mississauga pelo 32º aniversário e por promover e divulgar desta forma a cultura e tradições regionais de Portugal.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER