GTA

Setor da construção vai abrir na próxima terça-feira

Os parques provinciais e as reservas naturais abriram segunda-feira (11) com acesso limitado. As atividades recreativas vão ser reduzidas a caminhadas, ciclismo e observação de pássaros. O acesso aos parques é gratuito até ao final do mês e as praias, os parques de campismo e os parques infantis continuam encerrados. No briefing diário o Premier Doug Ford disse que ainda não estão reunidas as condições para abrir as escolas e agradeceu aos enfermeiros a sua dedicação na semana em que se assinala o National Nursing Week no Canadá.

Algumas das lojas de retalho de Ontário foram autorizadas a reabrir na segunda-feira (11) e alguns trabalhadores regressaram ao seu antigo local de trabalho. As lojas dos centros comerciais continuam encerradas, mas o número de novos casos de COVID-19 continua a descer em Ontário, à medida que a economia está a reabrir.

A luta do Premier Doug Ford contra o aumento de preços durante a pandemia já originou cerca de 200 investigações em Ontário. Segundo o Governo 500 empresas já foram avisadas e os consumidores já fizeram mais de 22,500 queixas desde o final de março.

Os Toronto Raptors podem agora visitar o seu centro de treinos perto da Exhibition, mas a equipa não vai poder treinar toda ao mesmo tempo. Enquanto a NBA permite quatro jogadores de cada vez nas instalações de treino, os Raptors vão ter apenas um jogador de cada vez no OVO Athletic Center.

Mais dois utentes do Downsview Long Term Care Centre morreram vítimas de COVID-19. O número de mortes naquele lar é agora de 35. A primeira vaga do novo coronavírus neste lar de North York foi anunciada a 10 de maio quando 62 utentes e 76 funcionários testaram positivo para a COVID-19.

O Premier Doug Ford disse que o estado de emergência foi prolongado até 2 de junho e Ontário continua a aumentar o número de pessoas testadas para COVID-19. A primeira fase da reabertura da economia vai permitir que “um número maior de indivíduos possa participar em alguns eventos, como funerais”, por exemplo, explicou Ford.

Um novo relatório do TTC diz que a agência de transporte de Toronto está a enfrentar um deficit de $520 milhões no Labour Day devido à COVID-19, mais $81 milhões do que a autarquia estimou na previsão anterior. Recorde-se que o TTC já reduziu algumas rotas e fez em abril lay-off a 1,200 funcionários. O novo relatório divulgado esta terça-feira (12) destaca que a contenção de custos de atividade “não forneceu o alívio fiscal suficiente” e diz que os Governos Provinciais e Federais vão ter de apoiar o TTC, algo que ainda não aconteceu até agora.

Um estudo da Universidade constatou que o aumento das temperaturas não vai ajudar a acabar com a COVID-19. Embora inicialmente os investigadores julgassem que o calor ia matar o vírus, os investigadores sublinharam que a decisão de reabrir escolas não deve ser tomada de acordo com a mudança de estação porque o aumento das temperaturas não vai matar o coronavírus.

A polícia de Toronto apreendeu 61 kg de cocaína avaliados em quase $8 milhões. A droga vinha dos EUA e era escondida em casas e condomínios em North York e em Scarborough. A polícia deteve quatro homens e continua à procura de mais dois suspeitos.

Toronto vai lançar um programa para ajudar os empresários locais e os artistas a criarem lojas online em poucos dias durante a pandemia. A plataforma shopHERE vai ajudar os pequenos empresários a fazerem receitas enquanto as lojas físicas continuam fechadas.

Ontário é líder nacional em testes diários à COVID-19 e o Premier quer avançar com a reabertura da economia. Mas quem não está de acordo é o responsável máximo pela saúde em Ontário, o Dr. David Williams, que diz que ainda é cedo e sublinha que se estivéssemos perto já teria recomendado a reabertura ao Premier. Os autarcas de Brampton e Mississauga também revelaram estar preocupados com a reabertura da economia e sublinharam que a maioria dos novos casos da província tem surgido nestas áreas.

Os funcionários da área de educação de Ontário vão poder ajudar noutras instituições durante a pandemia. Segundo o Premier, os funcionários de educação que estiverem disponíveis podem ajudar nos hospitais, lares de idosos, abrigos e centros de apoio à deficiência. “Seja cozinhar, limpar ou apoiar o bem-estar mental, esta iniciativa voluntária vai permitir que nossos profissionais de educação estejam onde são mais necessários durante esta crise e façam a diferença na vida das pessoas e das suas comunidades”, disse Ford.

O autarca de Toronto quer que os restaurantes expandam as esplanadas para algumas ruas da cidade, logo que a província permita que os restaurantes voltem a servir jantares. Segundo Tory, os funcionários já estão a fazer o levantamento das áreas onde as esplanadas podem vir a aumentar.

Um enfermeiro que trabalhava num lar de idosos em London morreu devido à COVID-19. A Ontario Nurses Association disse que a profissional de saúde trabalhava na Kensington Village e lamentou a morte de mais um profissional de saúde.

A Canadian National Exhibition foi cancelada devido à COVID-19. Aquela que é uma das maiores feiras da América do Norte não era suspensa desde a Segunda Guerra Mundial. A feira recebia mais de um milhão de visitantes e as receitas rondavam os $128 milhões.

Ontário vai alterar as regras para fazer o teste à COVID-19 e agora vão ser incluídas pessoas que manifestem sintomas pela primeira vez. Até agora estavam a ser testados trabalhadores essenciais veiculados a hospitais, lares de idosos ou grupos vulneráveis.

Cinco funcionários do serviço de emergência do Toronto Western Hospital testaram positivo para COVID-19. O hospital está a testar toda a equipa médica que trabalhou no hospital entre 20 de abril e 13 de maio.

O autarca de Toronto está otimista com o compromisso de que os Governos Provinciais e Federais vão ajudar os municípios do Canadá e, em particular, Toronto, que prevê uma perda de $1,5 mil milhões para este ano devido à pandemia da COVID-19. O Premier Doug Ford disse que o TTC e os municípios precisam do apoio da província mas admitiu que precisa da ajuda do Governo Federal.

Ontário anunciou quinta-feira (14) que a província vai avançar com a reabertura de mais setores da economia. As lojas de retalho, à exceção das que estão localizadas em centros comerciais, e os projetos de construção civil vão abrir na próxima terça-feira (19 de maio). As medidas de distância física vão ser obrigatórias em todos os setores de atividade e o retalho vai ter de limitar o número de clientes na loja.

Joana Leal/MS

 

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close