GTA

Barbados On The Water Festival

O Barbados On The Water Festival é a maior celebração cultural da música, gastronomia, hábitos e costumes de Barbados.

This slideshow requires JavaScript.

O Milénio Stadium foi conhecer o melhor de Barbados, a ilha situada no mar do Caribe, que trouxe até Toronto a sua riqueza cultural, com três dias de muita festa e alegria,onde familiares, crianças, amigos e amantes da cultura se reuniram no Harbourfront Centre, em Toronto.

Foram vários os participantes e o nosso jornal esteve junto deles e da organização para conhecer a importância das festividades.  Foi o caso de Jason Yearwood, Business Development Officer da Barbados Tourism Marketing Inc. Canada, que com todo o prazer e orgulho na pátria mãe afirmou que “We have the entire weekend because there is so much to offer in Barbados and it can’t be showcased in one day. The overall goal and motivation is to get persons from Canada to go to Barbados. We are a very popular choice destination, we want everyone to enjoy what Barbados has to offer… So we bring the festival to Toronto: a person can get a sample and taste of Barbadian product, hopefully that can translate into them coming to Barbados and spend time with us.”

Lindsey Marshall, participante do evento, disse ao nosso jornal que o importante é a liberdade que este país oferece em termos de expressão das diferentes culturas. “ I think it is important that people find places where they can express themselves and be comfortable with what they know… Our city is so diverse, so it’s nice when we can be around the culture be around the people we know, and enjoy our food we may not always get at home, so I think that’s very important”.

A nossa equipa teve também a chance de visitar a área das bebidas tradicionais e os pratos da ilha. Lá, pudemos ouvir a opinião de Irene Griffin: “ Every year I come down for this, I don’t miss any day. I love the food, also the rum punch”.

Como tudo o que é bom, o Barbados On The Water Festival terminou rápido mas cheio de cores e alegria. Ficou na memória a presença do grande público, de músicos locais e internacionais acompanhados da boa música dos Barbados e o convite para um passeio até a esta bonita ilha. Esperamos a continuidade do festival, assim como a celebração da diversidade da cidade de Toronto.

Curiosidades sobre Barbados:

Descoberta pelos espanhóis em 1492, foi visitada pelos portugueses de 1536 até 1625, que a denominaram “Os Barbados” ou “O Barbudo”, devido ao aspeto das figueiras nativas da ilha. Estes, de passagem pelo Brasil, foram os responsáveis pela introdução dos porcos encontrados posteriormente no estado selvagem pelos colonizadores ingleses.

O país, que é independente do Reino Unido desde 1966, é hoje uma monarquia constitucional, sendo a sua rainha a Elisabeth II, membro da Commonwealth.

– Por ter sido uma colônia inglesa, a língua oficial do país é o inglês.

– Sentido de circulação: Condução do lado esquerdo.

– Um dos pratos típicos da ilha é o flying fish, um peixe-voador com cerca de 25 cm de comprimento, que, na verdade, não voa, mas salta, alcançando uma distância de 40 metros fora do mar.

-O Monte Gay Barbados Rum está entre as principais exportações das ilhas. O rum é a bebida típica de Barbados e a destilaria Mount Gay é uma referência quando este é o assunto. Eles produzem a bebida desde os tempos coloniais de domínio inglês, com início em 1703. Esta é também a destilaria de rum mais antiga do mundo.

– A flor “Orgulho de Barbados” é a flor nacional do país e é mergulhada no leite materno para impedir que os bebês chorem.

– Em Barbados, apenas o Exército e as Forças Armadas têm autorização para usar roupa com estampa de camuflagem. Tudo por questões de segurança.

– A barbadiana mais famosa no mundo é a cantora e compositora Rihanna. Nascida em St. Michael, a cantora foi escolhida para ser “embaixadora extraordinária e plenipotenciária” e tem a responsabilidade específica de “promover a educação, turismo e investimentos na ilha”.

Francisco Pegado


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close