GTA

ACAPO entregou 20 bolsas de estudo

A ACAPO entregou sábado (5) 20 bolsas de estudo. A cerimónia foi na LiUNA Local 183 e pretendeu incentivar os jovens luso-canadianos a investiram na educação.

Num momento em que a Aliança de Clubes enfrenta uma crise de liderança, a cerimónia foi conduzida por Kátia Caramujo, membro da Comissão da ACAPO para a Semana de Portugal e Joe Eustáquio, antigo presidente da ACAPO, foi a grande ausência da noite.

Em declarações ao Milénio Stadium, Caramujo disse que sentiu o peso da responsabilidade. “Passei a semana inteira ansiosa porque para além de já ter recebido uma destas bolsas nunca tinha apresentado uma cerimónia inteira”, disse.

Na hora de decidir o nome dos vencedores das bolsas de estudo é preciso avaliar vários critérios. “A ACAPO ajuda os clubes com um formulário genérico mas os critérios são decididos pelos próprios clubes que esta associação representa. Para alguns o mais importante são as notas mas para outros é a experiência do candidato em voluntariado”, explicou.

Há cinco anos que a ACAPO entrega bolsas escolares a jovens luso-canadianos e esta foi também uma forma de contornar a falta de representatividade dos jovens nos clubes portugueses. “Se eu receber uma bolsa escolar de um determinado clube vou, de certa forma, sentir-me comprometido com esse clube”, referiu Caramujo.

Enumeramos aqui a lista de vencedores desta edição de bolsas escolares: Arsenal do Minho – Tiago Ribeiro; Associação Cultural do Minho de Toronto – Tiago Pereira; Associação Migrante de Barcelos – Vanessa Ferreira; Banda do Sagrado Coração de Jesus – Olívia Costa; Casa das Beiras Cultural Community Centre of Toronto – Tatiana Cardoso; First Portuguese Canadian Cultural Centre – Diana Nunes Faustino; Northern Portugal Cultural Centre – Alexa Dantas & Marco Pereira; Oshawa Portuguese Club – Rebecca Dimas & Ryan Valadão ; Peniche Community Club – Jason Casinha; Portuguese Cultural Club of Vaughan – Victoria Gomes ; Poveiros Community Centre – Daniel Ramalho; Sporting FC – Ethan Quintela ; University of Toronto Portuguese Association – Alexandra Santos & Miguel Cabral ; York University Lusophone Association – Sandra DeSousa.

A ACAPO e a Casa do Alentejo em parceria entregaram a bolsa escolar Armando “Rilhas” Costa. Este ano as vencedoras foram Catarina Gomes, que recebeu a bolsa de excelência na música e Eva Fernandes, que ganhou a bolsa excelência no desporto.

Ryan Valadão foi o vencedor da 5.ª Bolsa de Estudo da ACAPO Damião P. Costa, uma bolsa no valor de $2.000 que foi entregue pelas suas duas filhas.

A ACAPO distinguiu ainda Linda Correia, atual presidente do Poveiros Community Centre e Bernardino Nascimento, actual presidente da Casa das Beiras Cultural Community Centre of Toronto com os prémios de mérito.

Linda Correia nasceu em Coimbra e emigrou para o Canadá em 1987. É presidente dos Poveiros há cinco anos consecutivos e faz parte da Associação de Pais e Voluntários no Toronto Scholl Board of Education. É uma mulher dinâmica e activa e a prova disso é o facto de ser uma das responsáveis pela organização de uma gala anual de angariação de fundos a favor do cancro da mama.

Em entrevista ao Milénio Stadium, Linda Correia disse estar sem palavras. “Não é todos os dias que se vê uma poveira sem palavras. Não é fácil ser voluntário, é preciso muita dedicação e muita força de vontade”, disse.

Correia diz que não é fácil coordenar tanta gente na Semana de Portugal. “Eu tenho uma técnica, faço-me de surda e de cega e normalmente costuma funcionar (risos)”, argumentou.

Bernardino Nascimento nasceu em Viseu e veio para o Canadá na década de 80. É empreendedor – criou a sua própria escola de condução em Toronto – e fundou aquilo que hoje é a Casa das Beiras.

Em declarações ao Milénio Stadium, Bernardino Nascimento não escondeu a sua satisfação. “É muito gratificante receber um prémio destes, são muitos anos de voluntariado. Comecei em 1989 com o Clube Académico de Viseu mas nem sempre é fácil ser voluntário, muitas das vezes acabamos por ser criticados”, defendeu.

As bolsas escolares vão dos $500 aos $2.000 e o evento marca o arranque das celebrações da Semana de Portugal 2018.

Este ano o programa vai ser diferente daquilo que a comunidade está habituada. “O programa vai ser mais contido devido a restrições financeiras. Vamos manter o içar da bandeira e a parada. Vamos incorporar o festival de folclore infantil e adulto num só e vamos ter um concerto dos GNR no Queen Elizabeth Theatre”, revelou.

O programa da Semana de Portugal será conhecido a 13 de maio numa conferência de imprensa na Galeria dos Pioneiros Portugueses na St. Clair Avenue West.

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW