Local

Dar e receber uma esmola no Dia de Todos os Santos

 

O Poeta Kahlil Gibran (1973) escreveu “abra bem o seu coração para o corpo da vida…pois a vida e a morte são uma, assim como o rio e o mar são um” (open your heart wide unto the body of life…for life and death are one, even as the river and the sea are one)… Falar sobre a morte nunca é fácil. Mas no dia 1 de novembro, uma equipa fantástica de amigos decidiu fazer uma coisa diferente na nossa comunidade: celebrar o dia de Pão por Deus e o Dia dos Mortos, (Fiéis Defuntos) na Casa do Alentejo. Uma conversa triste, mas necessária, pois mais de um milhão de pessoas morreram no mundo com Covid-19. Também foi um momento para refletir sobre os nossos amigos e familiares que já morreram. É saudável lembrar os nossos antepassados neste dia.  Neste encontro todos os voluntários da Casa do Alentejo e amigos participaram numa tarefa – cortar o papo seco, fazer as omeletes, embrulhar o pão e depois levar a casa das pessoas, doentes, velhinhos isolados…e outras pessoas pobres sem abrigo.

O dia do Pão por Deus e dos Mortos ( Fiéis Defuntos) é uma tradição que eu acho muito importante por dois motivos: primeiro requer que o doador tenha uma vontade de partilhar a comida que tem com outras pessoas que não têm comida, casa, família ou estão doentes; em segundo lugar dar implica uma ligação de carinho de um ser humano para com o outro. Dar – pão, ovos e leite – no dia dos Mortos é uma ação conhecida como uma esmola branca na tradição cristã. Uma oferta simples, pura e profunda…em memória dos que já morreram…

Esta colaboração aconteceu com a bondade da família da Nova Era Bakery, que doou os 500 papos secos  e que se comprometeu a doar mais pão para a nossa missão semanal, de dar comida a doentes paliativos, seniores e outros doentes.  Que bondade. Obrigado à Casa dos Açores por ajudar na distribuição e a se comprometerem a fazer massa doce para os seniores isolados. A nossa missão continua, semanalmente.

O Poeta escreveu… você dá pouco quando dá dos seus bens, é quando você dá de si mesmo, que você realmente dá… (you give little when you give of your possessions… It is when you give yourself that you truly give….). Para finalizar, eu acho que o nosso mundo ficou um pouco mais saudável com a nossa ação comunitária…Thanks to Manuel and Milénio.

José Dias/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER