Comunidade

Portuguese Kids podem chegar ao streaming em breve

Os Portuguese Kids passaram pela Casa dos Açores de Ontário e os três espetáculos tiveram lotação esgotada. Ao Milénio Stadium o grupo explicou como está a lidar com o novo coronavírus – o COVID-19.

Fomos ao Shoppers Drug Mart e o desinfetante para as mãos estava esgotado. E então fui a casa da titia, que fica ali mesmo ao fundo da rua, e coloquei Lysol nas mãos. O Derrick desinfetou as mãos com Windex (risos)”, disse Brian Martins, o principal guionista deste projeto cuja família é oriunda dos Açores, da ilha de São Miguel.

O grupo nasceu em 2004, em Fall River, numa das maiores comunidades portuguesas, nos EUA, numa altura em que a cultura portuguesa era pouco explorada pela comédia. Brian e Derrick DeMelo cresceram na mesma vizinhança e são amigos de infância. “Fizemos a primeira comunhão e o crisma juntos, sempre fomos amigos. Um dia a comédia tornou-se um assunto sério e fomos todos estudar improviso para uma escola em Boston. Naquela época o nosso grupo tinha mais elementos e a cultura portuguesa não era muito explorada pelos humoristas”, contou Derrick DeMelo, manager e ator do grupo cuja família é natural da ilha de Santa Maria.

O grupo reconhece que os portugueses são um público difícil e revela que em breve o projeto poderá chegar ao streaming. “Hoje é diferente porque as novas gerações sentem menos dificuldades, mas os nossos pais e os nossos avós eram muito sérios, a vida deles fui muito difícil e não caiu nada do céu. Nós brincamos muito com assuntos sérios, como a religião, mas sempre com muito respeito, só queremos fazer rir, não queremos ofender ninguém. Em relação ao streaming ainda não podemos avançar nada, mas fiquem atentos porque em 2020 vai acontecer algo em grande”, adiantou o manager.

Amanda Garcia já participou no “Portuguese Wedding” e nos próximos sketches os Portuguese Kids prometem aumentar a participação feminina. “Hoje vamos improvisar bastante e temos muitos sketches de interação com o público. Fiz uma audição há dois anos e entrei no Portuguese Wedding. A minha mãe era capaz de gostar que eu casasse com um português. Hoje vou atuar pela primeira vez em palco, estou um bocadinho nervosa”, disse ao nosso jornal.

O público delirou com a versão portuguesa de “Grease”, “Dirty Dancing”; “Forrest Gump”; “Titanic” e “Fast and Furious” e nem os sucessos de TV “Survivor” e “90 Days Fiancé” escaparam ao olhar crítico da dupla luso-americana. 

Há quatro anos o grupo criou uma loja online onde vende artigos de merchandising, nomeadamente as célebres t-shirts com slogans criativos. O grupo promoveu a nova linha de t-shirts para mulher com o slogan “Portuguese Girls are hot like a Pimenta, sweet like a Queijada and strong like Aguardente”, mas os clássicos “Juízo na cabeça” e “I’m not Yelling, I’m Portuguese” continuam disponíveis para venda.

Os Portuguese Kids voltam ao Canadá a 20 e a 21 de março para atuar em Brampton, no Bramalea Lions Hall, e em London, no Imperio Banquet Hall. Se estiver interessado em passar férias com a dupla de comediantes, o grupo está a preparar uma tour a São Miguel e à Madeira – uma parceria com uma agência de viagens norte-americana que deverá acontecer entre 2 e 11 de outubro.

Joana Leal/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW