Comunidade

PCCM Valentine’s Day

No dia 15 de fevereiro o Clube Cultural Português de Mississauga (CCPM) voltou a celebrar o Dia dos Namorados num ambiente de sublime romantismo. Sala decorada a rigor, ementa leve e requintada, e música ao som de Jorge Ferreira e a sua banda foram suficientes para uma noite esgotada e inesquecível. As reservas que superaram as expectativas “obrigaram” a um segundo evento que foi realizado no dia seguinte.

Em declarações ao Milénio Stadium, o presidente do PCCM, Tony de Sousa, revelou que o segundo evento já estava com 400 pessoas confirmadas e sobre a nova direção do CCPM, que assumiu funções no passado dia 25 de janeiro, contou ao nosso jornal que “a equipa está toda igual, apenas com mais duas pessoas”. Qualquer evento requer empenho e o presidente do PCCM reconhece e agradece: “Quero dar os parabéns à nossa direção e à nossa cozinha pelo trabalho que eles fazem (…), como presidente e vice-presidente, Jorge Mouselo, também trabalhamos bastante todos os dias, mas eles é que fazem aquele trabalho para que nós e o clube possamos sobressair. Um obrigado a eles, pois sem eles nós não podíamos fazer nada.”

O vice-presidente do PCCM explicou como é feita a escolha dos artistas para cada evento mas que, acima de tudo, a vinda de Jorge Ferreira a esta casa era há muito ambicionada: “… cada um dá uma ideia, depois conversamos e discutimos o lado positivo e negativo até chegarmos a uma decisão (…) nós “devíamos” o Jorge Ferreira a esta casa há muitos anos e chegámos à conclusão que a hora certa era agora.” E foi uma aposta ganha… Afinal, não é qualquer artista que consegue juntar 1000 pessoas em apenas dois dias!

E Jorge Ferreira, residente nos Estados Unidos da América, que brevemente celebra 40 anos de carreira, encontrava-se visivelmente feliz por saber que a casa estava esgotada: “Gostamos que a casa esteja sempre cheia, mas uma coisa é certa, foi para além da expectativa e por isso vamos fazer um segundo espetáculo amanhã”. Sobre o apoio da comunidade e a direção do PCCM, o cantor não teve dúvidas em afirmar que “é incrível, são cinco estrelas, não há palavras para agradecer o suficiente a este povo, esta comunidade que me tem apoiado na minha careira durante estes anos todos… sinceramente, obrigado.” Jorge Ferreira interpretou nesta noite canções mais atuais – incluídas no álbum Xaile Negro, lançado em 2019 -, mas não esqueceu os êxitos mais antigos, como Carro Preto, Mãe, Eu (Desgarrada), Amar como Jesus Amou, Papai acompanhado pela filha, Alison Ferreira, entre outros, que para além de serem a sua marca, fazem sempre sucesso e são bastante solicitados pelo seu público, deixando os fãs ao rubro e rendidos a um espetáculo de excelência.

No fim da noite, foram ainda sorteadas as rifas, organizadas pela direção da juventude do PCCM, que são sem qualquer dúvida o futuro deste clube.

O Centro Cultural Português de Mississauga prometeu e mais uma vez cumpriu para satisfação de todos os presentes.

Carmo Monteiro/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW