Comunidade

Museu da televisão de Toronto

O aparelho que mudou o mundo

É uma das invenções mais populares da era moderna e está rodeada de controvérsias e de curiosidades. A televisão, que se tornou indispensável nas nossas vidas, começou por ser desenvolvida em 1800 e só foi possível graças a seis visionários que fizeram grandes avanços na primeira metade do século XX. Um engenheiro inglês, três norte-americanos e dois russos haveriam de revolucionar o mundo em menos de 40 anos com a invenção de processos que tornaram a televisão numa realidade. Falamos de John Logie Baird; Charles Francis Jenkins; Allen Du Mont; Philo T. Farnsworth; Vladimir K. Zworykin e David Sarnoff.

O Milénio Stadium foi conhecer a maior coleção de recetores de televisão da América do Norte com mais de 10 mil objetos. O MZTV Museum está localizado na Liberty Village, na baixa de Toronto, e concentra meio século da história deste meio, dos anos 20 aos 70.

Darryl Komaromi é relações públicas do MZTV Museum e antes de aceitar este desafio já trabalhava na indústria. “Cresci com a televisão, o meu avô reparava televisores para a General Motors. Depois percebi que esse era o meu mundo e tornei-me editor da City TV. Aqui vamos da era mecânica até à era tecnológica, o que é extraordinário”, revelou ao nosso jornal.

Moses Znaimer, o homem que dá nome ao museu, foi o fundador da primeira televisão independente de Toronto. Znaimer acabou por revolucionar a rádio e a indústria da música no país. “O Znaimer criou este museu e fundou a City TV, a primeira televisão independente de Toronto. Ele revolucionou também a indústria da música neste país, temos cá uma rádio e uma revista. Ele estava à frente do seu tempo”, contou Komaromi.

Aqui podem encontrar todo o tipo de televisões possíveis e imaginárias. As primeiras televisões eram grandes e caras, só os mais ricos podiam adquirir um destes aparelhos. A dada altura as pessoas começaram a ter medo da TV e a indústria teve de criar um aparelho transparente para que as pessoas percebessem que não havia motivo para desconfianças. Hoje é uma das televisões mais raras do mundo. “Em 1939 a televisão era recente e as pessoas tinham medo do desconhecido, sempre foi assim ao longo da história. Para além disso para teres uma televisão tinhas de ser rico ou conhecer alguém na indústria. Por isso os engenheiros tiveram de criar uma televisão transparente que desmistificasse isso. Hoje está avaliada em $5 milhões de dólares e é uma das mais raras do mundo. Se quiserem ver com os próprios olhos venham visitar-nos”, explicou o relações públicas.

As primeiras televisões confundiam-se com a mobília da sala de estar e no topo tinham um espelho que servia para refletir a imagem. Mais tarde até o espaço influenciou o design das televisões que passaram a ter um formato mais arredondado.

A primeira estrela de televisão foi o gato Felix. Criado nos anos 20 nos EUA o gato era capaz de suportar o calor das luzes durante muitas horas em estúdio sem se queixar. Hoje o Felix está avaliado em 2 milhões de dólares e continua a manter a sua beleza.

E por falar em estrelas, o MZTV Museu tem duas televisões que pertenceram a dois telespectadores especiais – falamos de Elvis Presley e Marylin Monroe. “É curioso porque o Elvis tinha fama de disparar contra as televisões, mas pelos vistos esta sobreviveu (risos). Ele assistia à TV na cozinha enquanto ele preparava as suas famosas sandes de manteiga de amendoim com banana”, partilhou Komaromi.

Com o eclodir da Segunda Guerra Mundial as investigações na área da televisão ficaram suspensas, mas quando o conflito acabou foram vendidos mais de 8 milhões de televisores em todo o mundo. Desde aí que têm surgido várias teorias dos media, uma delas foi criada pelo canadiano Marshall McLuhan que sugeriu, pela primeira vez, que o meio de comunicação era mais importante do que a mensagem e que criou o conceito de aldeia global.

A televisão ganhou som e cor e em meados dos anos 60 a multinacional japonesa Sony começou a produzir televisores em grande escala. A televisão massificou a cultura e aproximou os vários continentes. Hoje, tal como no passado, a televisão continua a passar por várias revoluções, mas opiniões à parte o certo é que a caixa mágica mudou a nossa forma de ver o mundo.

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close