Comunidade

Luso Canadian Charitable Society anuncia “residência de cuidados continuados”

No dia 9 de novembro, o Mississauga Convention Centre recebeu a 13ª Gala Dinner Luso Canadian Charitable Society. Como é habitual, o evento encheu com aproximadamente 650 amigos desta organização, que mais uma vez quiseram demonstrar o seu apoio a esta causa nobre, que tem como principal missão ajudar e fazer a diferença na vida de indivíduos com deficiências psicomotoras.

A Mestre de Cerimónias, Christine Rodrigues, começou por dar as boas vindas aos presentes e lembrar que, para além de ser um membro da direção da Luso, a sua irmã Sandra foi uma das primeiras utentes das instalações em Toronto, realçando o impacto que a instituição tem na vida de Sandra e da sua família.

Após o discurso do membro honorário, Seth Loannou, foi apresentado um vídeo sobre o impacto que a Luso tem no dia a dia destas pessoas com necessidades especiais e das suas famílias, realizado por Luciano Paparella Jr. da Camões TV com narração de Charles Sousa. Jack Prazeres, fundador da Luso Canadian Charitable Society, começou por explicar no seu discurso a escolha do tema desta edição, “A Celebration”.

O momento alto da noite deu-se ainda durante o discurso de Jack Prazeres, com a revelação de que todo o montante angariado no decorrer do evento será canalizado para o novo projeto da Luso, a construção de uma residência de cuidados continuados.

Lena Bareto e Sérgio Ruivo foram distinguidos pela devoção e pelo trabalho incansável para com a Luso e Jack Oliveira, foi reconhecido como presidente honorário. No seu discurso, o Business Manager da Local 183 recebeu a distinção em nome dos mais de 60.000 membros da Local 183, pois é graças ao trabalho árduo dos membros que a Local 183 consegue ajudar instituições como a Luso Canadian Charitable Society.

This slideshow requires JavaScript.

Quando questionado sobre a necessidade de uma residência de cuidados continuados, Jack Prazeres não teve dúvidas em salientar que “vamos tentar ajudar com uma das coisas que os pais nos vêm a pedir há uns anos e que agora está numa altura crítica, que é a falta de um centro onde os filhos possam ficar a tempo inteiro. Já há muitos pais que não conseguem tomar conta dos filhos… já não têm a força, não têm capacidade e nem meios, mas não se querem separar dos filhos e nem os filhos dos pais porque toda a vida estiveram juntos… seria um choque para estas famílias se tivessem que se separar. Nós queremos ver se conseguimos um centro para que os pais possam ir para lá com os filhos e ter assistência”. Sobre possíveis custos, Jack Prazeres deu números estimados, pois vão depender de alguns fatores como explicou ao Milénio Stadium: “tudo depende se o terreno vem de graça ou se o terreno é comprado, do tamanho… nós em princípio estamos a pensar em ter 30 apartamentos (…), mas talvez sejam precisos uns 5 a 6 milhões de dólares”. Jack Prazeres convictamente afirmou que “temos a certeza que isto vai correr, pois vamos ter muita ajuda de políticos, empresas grandes e sindicatos para que consigamos concretizar este sonho que é ajudar estes pais que estão desesperados”.

Ao fim da noite, entre diversos leilões e donativos, foram angariados cerca de $310,000.00… um valor módico, mas que com certeza vai ajudar no arranque desta nova etapa da Luso Canadian Charitable Society e que fará grande diferença na vida das famílias que dela dependem!

Carmo Monteiro/MS

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close