Comunidade

Gil Vicente visitou Academia de Toronto

A Academia do Gil Vicente de Toronto celebrou o seu segundo aniversário e o clube mãe veio até ao Canadá. Os técnicos reconhecem o trabalho que é feito aqui do outro lado do Atlântico e destacam as qualidades de Rafa, o jogador que assinou no ano passado com o Barcelos.

Em declarações ao Milénio Stadium, Ricardo Coutinho, Coordenador de Formação do Gil Vicente, avançou que Rafa vai jogar em breve na equipa de juniores. “O Rafa está incluído num processo de aprendizagem e de evolução que foi definido pela coordenação em conjunto com os treinadores. Não exatamente pela sua qualidade, que ele tem e muita, mas pela sua adaptação ao futebol europeu e português. O Rafa está a evoluir e estamos muito satisfeitos com os resultados que ele tem alcançado. No próximo ano ele vai integrar a nossa equipa de juniores que disputa o campeonato nacional”, garantiu.

Atualmente a Academia de Toronto tem cerca de 150 jogadores e os técnicos não afastam a hipótese de outros jovens seguirem rumo a Portugal. “Nós estamos atentos aos jovens talentos e neste momento já temos uma lista de nomes. Nós comunicamos regularmente com Toronto e tudo leva a crer que o grupo continue a aumentar”, informou o coordenador.

Ao fim de 12 anos, o Gil Vicente vai voltar a jogar na I Liga de futebol, um regresso muito aguardado pela equipa de Barcelos. “Sentimento de justiça, sobretudo porque infelizmente o clube foi penalizado. Vai ser um momento alto na vida do Gil Vicente porque o nosso clube é histórico. Em 20 anos disputámos mais vezes a I Liga do que a II. Em termos de localização estamos próximo das grandes cidades e dos aeroportos do Porto e de Vigo e temos um estádio Premium que é a designação máxima da Liga”, explicou Miguel Sá Pereira, assessor e diretor de comunicação do clube.

Enfrentar a pressão das quatro linhas nesta idade não é fácil e por isso todos os conselhos são bem-vindos. “Que vivam o dia-a-dia e que se divirtam porque o futebol tem 51% de sorte e 49% de conhecimento. O futebol é simples e infelizmente em Portugal temos tendência para complicá-lo. Futebol é paixão, prazer e momento, é tudo o que nós quisermos. É importante que eles saibam ouvir e que no fim do dia sintam que evoluíram”, sublinhou Alberto Silva, antigo jogador e olheiro do Gil Vicente.

Em julho segue-se um estágio em Portugal e são 20 os jogadores que deverão integrar a equipa. Para o responsável pela Academia de Toronto, os números falam por si e o objectivo é continuar a trilhar o caminho do sucesso.

“A nossa equipa é uma família e só assim é que conseguimos cumprir os nossos objetivos. Estou orgulhoso por pertencer a esta grupo de treinadores, atletas e patrocinadores e por integrar um clube como o Gil Vicente. Vamos continuar a percorrer o nosso caminho de uma forma honesta, com carácter e com personalidade”, informou José Carlos Silva, presidente da Academia do Gil Vicente de Toronto.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Joana Leal/MS
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close