Comunidade

Gil Vicente FC Toronto

Foi em 2017 que nasceu a Academia do clube de futebol português Gil Vicente, em Toronto. Desde essa data muitas têm sido as conquistas alcançadas por todos aqueles que fazem parte deste projeto que pretende, acima de tudo, potenciar os quadros de formação. No passado dia 29 de março o Gil Vicente FC Toronto decidiu festejar o seu 2º aniversário com um Jantar de Gala que contou com a presença de cerca de 500 pessoas.

This slideshow requires JavaScript.

“Sinto-me orgulhoso da equipa que represento. Estou feliz por ver uma sala destas, este ambiente familiar, um ambiente fantástico. Vamos devagar, com os pés bem assentes no chão, sem perturbar ninguém. Vamos seguir o nosso caminho. Penso que os próximos anos serão fantásticos para esta Academia”, disse o presidente da Academia FC Toronto, José Carlos.

Nesta festa de aniversário estiveram também presentes diversos representantes do clube em Portugal. Ricardo Coutinho é, neste momento, Coordenador Geral de Formação, mas já trabalha no futebol há cerca de 10 anos. Esta é a sua primeira época desportiva no clube de Barcelos, estando responsável pela evolução dos atletas entre os sub-19 e os sub-7 não só enquanto jogadores, mas também enquanto homens.

“Principalmente a parte da escola é algo que nós estamos muito atentos. Sabemos que, no caso dos que vão ser jogadores profissionais, não basta querer, não basta ser e não basta sonhar. Também é preciso aquela pontinha de sorte! Todos têm de estar preparados para a vida e nós preocupamo-nos muito com isso”, afirmou o coordenador.

Também Miguel Sá Pereira, Diretor de Comunicação e Assessor da Atual Direção do Clube, marcou presença neste aniversário e, inevitavelmente, acabou por comentar a polémica que envolve a Casa Barcelos e o Clube Gil Vicente.

“Aquilo que o Gil Vicente pensa já transmitiu numa reunião esta semana, na Casa Barcelos, com a sua respetiva Direção. Expusemos o nosso ponto de vista e a equipa liderada pelo Sr. Vítor, pela qual eu tenho respeito e, sobretudo, reconhecimento pelo trabalho que faz na comunidade e também do ponto de vista cultural, hoje, tenho a sensação, percebeu que a decisão que o Gil Vicente tomou dá legitimidade a esta gente e que faz todo o sentido. Vamos seguir o nosso caminho, vamos olhar para o futuro. O importante é olharmos para o presente, mas com uma perspetiva de futuro. Como somos todos pessoas de bem estou convencido que é assunto resolvido e bem resolvido”, esclareceu.

Começaram este projeto com 50 crianças e hoje já têm mais de 100 a envergar o símbolo do Gil Vicente ao peito. Um deles é o jogador Rafa que, recentemente, assinou contrato com o clube de Portugal. O médio natural de Barcelos treinou, no ano passado, em Portugal e despertou a atenção dos técnicos do clube.

“No estágio que foi feito em Portugal, onde o nosso Departamento de Scouting teve a oportunidade de assistir com pormenor, e de forma muito cuidada, ao empenho de todos os jovens, o Rafa mostrou muita qualidade – não só do ponto de vista desportivo, mas também do ponto de vista humano, que para nós é fundamental. Hoje é um menino integrado na sociedade, está a viver e a estudar em Portugal, está a jogar na nossa equipa sub-17 e no próximo ano vai estar envolvido no Campeonato Nacional de Juniores. Foi uma aposta ganha entre muitas outras que estão a ser feitas nesta Academia.”, contou Miguel Sá Pereira.

Também os pais dos pequenos atletas se juntaram à festa e mostraram a confiança e felicidade que sentem em colocar os seus filhos nesta academia.

“Este é o melhor clube em que o meu filho já esteve. É o clube em que ele é mais bem representado. Aqui não há desigualdades – todos os meninos são iguais. Os treinadores, para além de o serem, são também amigos e pessoas que dão a cara pelos miúdos.”, confessou Marlene Freitas, mãe de um dos atletas.

Apesar de já contar com cerca de 120 atletas, a Academia do Gil Vicente em Toronto está sempre à procura de novos talentos. Se por acaso estiver interessado, Nelson Pinto, vice-presidente do clube em Toronto, deixa as formas de contacto.

“Para contactar podem ir à nossa webpage – gvfcacademytoronto.com – está lá a informação toda, de todas as equipas. Temos também uma escola de formação que é só para ensinar os garotos pequenos”

A Academia Gil Vicente de Toronto tem as portas abertas para receber todos aqueles que sonham, um dia, tornar-se grandes jogadores de futebol. Parabéns Gil Vicente!

Inês Barbosa

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close