Comunidade

Festa cá (Toronto), Festa lá (Póvoa de Varzim)

Festa de São Pedro. É assim todos os anos e em todo os cantos do mundo onde as “Cinco Quinas” estão representadas. Objetivo: manter acesa a chama das tradições populares portuguesas.

Póvoa de Varzim – cidade portuguesa na Região Norte (sub-região do Grande Porto e Área Metropolitana do Porto) situada numa planície costeira arenosa, a meio caminho entre os rios Minho e Douro – assinalou, nos dias 28 e 29 de junho, a festa de São Pedro, o santo padroeiro dos pescadores. É assim todos os anos e em todo os cantos do mundo onde as “Cinco Quinas” estão representadas.

This slideshow requires JavaScript.

Por cá, a comunidade portuguesa associou-se à sobredita (como tem feito desde os primeiros anos em que os portugueses pisaram solo canadiano), realizando, no último sábado, 29 de junho, no Parque de Estacionamento da Caldense Bakery, em Toronto, Canadá, uma festa que, como é evidente, não chega aos calcanhares da que é promovida na Póvoa de Varzim, mas que (para todos os efeitos achados convenientes e necessários) dá para o gasto; serve para rememorar memórias das suas memórias e cantar a saudade da sua terra e gentes distantes, quais poetas com a dor perdida entre o grito lancinante da nostalgia que dia sim, dia também causa uma dor indescritível no ilustre peito lusitano aqui em Ontário e não só.

A realização da festa teve as “impressões digitais” da Poveiros Community Center, que reuniu vários convivas que não quiseram ficar de fora dela, sob pena de perder a degustação de iguarias e petiscos que, por norma, fazem parte do menu do arraial do poveiro, quer seja cá, quer seja lá. Durante a festa, que foi prestigiada com a presença da deputada federal Julie Dzerowicz, houve música que fez menear a cabeça dos presentes e, em muitos casos, levantar da cadeira para dar um pé de dança.

A presidente da Casa dos Poveiros de Toronto, Linda Correia, aproveitou o momento para anunciar a realização da “Noite das Francesinhas” a ter lugar no dia 16 de novembro. Na passada, o CEO do Arsenal do Minho, Joel Bastos disse que neste verão o grupo não vai descansar. “Este ano não vai haver pausa durante o verão. Temos uma atuação no dia 1 de setembro, pois vamos representar Portugal num evento cultural de grande dimensão”.

Laurentino Esteves, poveiro de “primeira hora” e todos os momentos, destaca, em declarações ao Milénio Stadium, a importância da festa de São Pedro: “ A festa de São pedro é vivida de forma mais efusiva na Póvoa de Varzim (Portugal), mas não tem mais nem menos mérito. A nossa (festa) aqui é mais pobrezinha, mas é vivida, à nossa maneira, com sentimento de saudade”, rematou.

Jorge Eurico


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Não perca também

Close
Back to top button

Close
Close