Comunidade

Celebração folclórica em Bradford

Avelino Teixeira

Aconteceu no salão da igreja Holy Martyrs of Japan perante quase duas centenas de pessoas que apoiavam o Grupo Cultural Raízes Portuguesas daquela localidade, composto por 30 elementos com idades compreendidas entre os três e os quarenta anos de idade, que naquele dia festejava o seu segundo aniversário.
O grupo tem Luísa Coquim como atual diretora, ajudada pelo seu marido Paulo Coquim, e ensaiado por Sandra Medeiros. Gente simpática e acolhedora que indiscutivelmente merecem todo o apoio que lhe possam dar nomeadamente aos bailarinos do referido grupo, especialmente as crianças, que não se cansa para dar o seu melhor sempre que lhes dão o ensejo para atuarem. Vivem sonhando com a próxima chance para se exibirem. É o que esperam das comunidades portuguesas espalhadas por todo o Canadá e Estados Unidos da América. Façam-lhes um convite. Não se arrependerão. No sábado 18 de novembro eles vão estar em plena atuação na Casa da Madeira Community Centre em Toronto. Sugiro ao caro leitor que não perca a oportunidade.
Depois de um saboroso jantar preparado por Elizabete e Manuel Ferreira e servido pelos voluntários Nicholas Maharaj, Alexandra Carreiro, Lucas Ishak, Celina Coquim, Sarina Iani, Gabriela Ferreira, Júlia Hacherni e Vitória Arruda sob o cuidado de Sandra Medeiros, assistiu-se á exibição do aniversariante começando com os membros mais novinhos, transitando depois para os adolescentes, voltando depois à mesma ordem mas agora convidando os presentes para entrarem na roda. Dava gosto ver! O reportório do grupo é composto por modas regionais de todas as regiões de Portugal.
A meio do maravilhoso espetáculo assistiu-se a uma teatralização dos trabalhos caseiros, fainas agrícolas e pescaria de antigamente da autoria de Luísa Coquim, por ela encenada, frente à réplica de uma casa antiga de lavrador de Gândara meticulosamente construída por Paulo Coquim. Segundo a diretora, o teatro serve para educar o público sobretudo os jovens sobre a realidade dos tempos idos. No intervalo foi feito o sorteio de uma rifa de cujo dinheiro reverterá a favor do grupo para compra de trajes e deslocações. A noite de festa terminava com música de baile pelo D. J. Martins manuseado pelo seu proprietário Ricardo Martins um homem muito jovem ainda que defende religiosamente o idioma português falando-o corretamente e o incute na mente de seu filho Leandro Martins com apenas 10 anos de idade que já se interessa pelos botões do equipamento sonoro de seu pai e pela música portuguesa. Que exemplo para os nossos meninos!!!
Bradford é uma comunidade com aproximadamente 50 mil habitantes dos quais à volta de 12 mil são portugueses. Presentemente é habitado por gente de várias etnias; canadiana, polaca, chinesa, italiana, paquistanesa, e indiana. Ali vive-se em perfeita harmonia e aceita-se a diversidade tal como deveria ser aceite em outras regiões do continente americano para que todos pudéssemos viver em paz.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER