ComunidadeHome

Casa Loma é o único castelo de tamanho real da América do Norte

A Casa Loma é uma das principais atrações turísticas de Toronto. Localizado no coração da cidade, este castelo é anualmente visitado por cerca de um milhão de pessoas de todo o mundo. É o único castelo de tamanho real da América do Norte e tem uma das maiores coleções de arte do país que hoje está avaliada em 20 milhões de dólares.

Para Nick Di Donato, presidente & CEO da Liberty Entertainment Group, a empresa que gere o castelo, este castelo é majestoso. “A Casa Loma foi construída em 1914 por Henry Pellat e hoje mantém-se como um testemunho da glória daquele período”, disse ao nosso jornal.

Henry Pellat foi um notável canadiano que enriqueceu com a eletricidade e que decidiu construir um castelo que na época custou uma fortuna. No início do século XX existiam apenas 200 telefones em Toronto e cerca de 50 estavam na Casa Loma. A obra é um dos maiores expoentes do estilo gótico no país e o arquiteto inspirou-se nos castelos europeus. A. J. Lenox foi um dos arquitetos mais notáveis de Toronto e projetou mais de 70 edifícios, incluindo a antiga Câmara Municipal.

E porque a vida às vezes dá voltas de 180 graus, Pellat não aguentou a grande depressão, perdeu a sua fortuna e viveu no castelo com que tinha sonhado menos de dez anos. “Ele foi para Inglaterra e olhou para os seus castelos preferidos e construiu a Casa Loma. Infelizmente não viveu aqui muitos anos e quando morreu vivia na garagem do seu condutor. Mas foi um homem extraordinário que trouxe a eletricidade para Toronto”, contou Donato.

Os turistas podem visitar algumas das passagens secretas do castelo e contemplar o primeiro elevador do país e as primeiras lareiras que funcionavam através de gás. Este cenário já inspirou a sétima arte e esteve presente em filmes como o musical “Chicago” e o “X-Men”.

Aos fins-de-semana a Casa Loma também recebe concertos de vários estilos de música, nomeadamente jazz, e este ambiente místico e belo já recebeu apresentações do “Harry Potter” e da “Bela e o Monstro”.

A Casa Loma tem 93 quartos e para os especialistas Pellat projetou um castelo para entreter a realeza.  No antigo escritório de Pellat encontramos uma secretária que se trata de uma réplica da própria secretária de Napoleão Bonaparte e a estufa fria, que foi um dos cenários utilizados no “X-Men”, encontramos portas que se tratam de réplicas de uma vila italiana. Cada uma das portas custou 10 mil dólares na época.

Na biblioteca encontramos cerca de 10 mil livros entre os quais obras de Alexandre Dumas, Honoré de Balzac, Charles Dickens e até um dicionário da Bíblia.

O castelo tem um restaurante, um café e um teatro e para os mais românticos pode ser o cenário idílico para um casamento de sonho. Tem é que ser rápido porque a lista de espera é de um ano.

Infelizmente o elevador já não funciona e se quiser desfrutar de uma vista panorâmica sobre Toronto tem que utilizar as escadas, mas no final vai ver que valeu a pena o esforço.

O ginásio e a piscina são duas das divisões que nunca foram concluídas, no entanto, para Di Donato não faz sentido expandi-las porque o castelo deve permanecer como legado cultural da cidade e do país.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER