Comunidade

Cantar dos Reis – Modas Regionais dos Açores saudaram a Camões Rádio e TV

No dia 6 de janeiro a tradição repetiu-se: o Dia de Reis foi comemorado nos estúdios da Camões Radio e TV com o protagonismo da nossa comunidade. A abrir 2020 da melhor forma, os elementos do Grupo Folclórico Pérolas do Atlântico reuniram-se para a apresentação anual em que tocaram um conjunto de temas do cancioneiro especial para a época. Matthew Correia, presidente do grupo, contou-nos que “ouvimos algumas das modas regionais dos Açores. No sábado passado (4) fomos a 12 estabelecimentos comunitários cantar, de manhã e à noite, com muita dedicação e muita força de vontade. Já o fazemos há seis anos”.

This slideshow requires JavaScript.

Já há cerca de uma década que o grupo cumpre religiosamente este costume, com um conjunto composto por vozes e instrumentos tradicionais. Alguns dos elementos presentes fazem parte do grupo de cantar dos reis desde a sua fundação. O talento para tocar, esse, vem de cedo, como é o caso do acordeonista do grupo, Fernando Pavão, que aprendeu a tocar aos 16 anos, de ouvido, ou Maria Gabriela Bettencourt, que começou a tocar bandolim ainda menina e trouxe a sua paixão até aos dias de hoje.

A alegria de levar o Cantar dos Reis pelas casas todos os anos vem de uma longa tradição que também é muito forte nos Açores, como nos contou Madalena Garcia. “É uma tradição que eu sempre me lembro desde que era pequenina. as pessoas vão bater às portas das pessoas amigas e vão Cantar os Reis. É uma tradição que se mantém e acho muito bonito trazê-la para o Canadá. É o país que nos acolheu, e eu gosto muito do Canadá… mas tenho sempre os Açores no coração”.

O grupo tem maioritariamente adultos, mas alguns jovens trouxeram também uma nova energia e vontade de partilhar o espírito português. Porque será que gostam de estar no Pérolas do Atlântico? A Emily e a Alicia, duas jovens membros do grupo, dizem que gostam de se envolver com estas atividades porque gostam de dançar e conviver. “I’ve been in the group for two years and a half, and it always makes my weekend. Everytime I go see my friends, my partners, it makes my day”, contou-nos a Emily.

O encontro incluiu ainda um momento de convívio. Não faltou o típico bolo-rei, acompanhado de uma bebida para aquecer um mês de janeiro ainda bem frio em terras do Canadá.

Telma Pinguelo

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

VOTE JÁ

Faça a sua nomeação

Close
Close