Comunidade

Arraial à portuguesa na Casa das Beiras

A equipa da Casa das Beiras de Toronto aproveitou o bom tempo que se fez sentir nos dias 29 e 30 de Junho para sair à rua e fazer um arraial 100% português. Não foi preciso ir muito longe para erguer a festa: o recinto do clube, no 34 da Caledonia Rd, encheu-se de alegria, música e iguarias típicas que atraíram vários visitantes. Mas afinal, como é um arraial à moda das beiras? “Um arraial à moda das Beiras é um encontro de amigos. Temos uns bons petiscos à nossa maneira, para podermos saborear, e umas bebidas fresquinhas porque com este calor que temos em Toronto, apetece. Queremos mostrar aos nossos sócios e à nossa comunidade que a Casa das Beiras existe para manter uma tradição e para manter a nossa cultura. Este já é o segundo arraial e é uma maneira de chamarmos o pessoal para uma coisa diferente. Em vez de estarmos dentro de uma sala, estamos ao ar livre numa outra atmosfera. Os enfeites que temos também mostram o que é Portugal. As pessoas passam e olham para ver o que se está aqui a passar”, diz-nos Bernardino Nascimento, presidente da Casa das Beiras.

This slideshow requires JavaScript.

A festa começou por volta das três da tarde e durou até ao anoitecer, com a presença de vários residentes e figuras de relevo da comunidade. Pelo recinto do clube passou também a vice-presidente de Toronto e vereadora de Davenport Ana Bailão: “Não sou Beirã mas tenho muito orgulho e o privilégio de representar esta Casa que fica mesmo aqui no centro da comunidade que eu represento. São muitas horas e voluntários que fazem estes trabalhos e por isso quero agradecer por manterem estas culturas vivas e por trazerem vida e ânimo às nossas comunidades.”

A entrada para o evento foi livre. Houve a oportunidade de comer sardinha assada, bifanas e malassadas, uma tradição levada até ao local por iniciativa de Rick Coelho e Teresa Freitas. Além de um arraial muito doce, este foi também um convívio marcado pelos ritmos populares portugueses. Ao palco subiram Flávio Santos, os Bombos do Arsenal do Minho, o Duo Raça Latina, Tony Silveira e a Rusga da Associação Cultural do Minho de Toronto. Entre os participantes esteve ainda Jennifer Machado, ensaiadora do Rancho Académico de Viseu e diretora da juventude da Casa das Beiras: “A juventude da Casa das Beiras está boa. Temos um grande grupo mas nem sempre estão muito interessados. Então eu disse para organizarmos um grupo. Eu dou as ideias e eles ajudam a tentar mostrar como era o antigamente e como eram as nossas tradições, que é para eles também terem um reconhecimento do que eram os nossos arraiais em Portugal. Hoje estamos a fazer a tasquinha da juventude e temos alguns jogos. E já temos mais ideias. Eles querem fazer angariação de alimentos para o dia de Ação de Graças.”

As tradiçōes dos arraiais portugueses continuam assim a prolongar-se em Toronto.

Telma Pinguelo

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close