Editorial

Spring & Viruses

Editorial

The world has become a prison but in spite of that, welcome to the first day of spring. As the sun crosses the celestial equator and moves northward, spring brings thoughts of rebirth, renewal of growth, green shoots coming out of the ground and hormonal dances inviting lovers to play. As we exit hibernation from the coldness of winter a positive set of thoughts invades our minds reminding us that it’s time to become refreshed and feeling renewed. Current challenges due to COVID-19 will temper our enthusiasm but even this threat will be dealt with the hope of better times ahead.

This week’s Milénio Stadium deals with Spring renewal of the Body and Soul but also a secondary virus which is earthly pollution due to plastics and other elements that man create which have become a demonstration of the inability of humanity to deal with.

Greta’s world has become a dump for those who feel that the space they occupy should not be respected and used for the temporary time they spend on earth. The earth is chocking on pollutants with eight million pieces of plastic pollution find their way into our oceans every day. There may be around 5.25 trillion macro and micro plastic pieces floating in the open ocean weighing up to 260,000 tons. Plastic makes up 60 to 90% all marine debris, destroying the marine life and our earth.

Air pollution in Canada results in 7.700 premature deaths in Canada each year. Canadian companies contributed 73% more pollution that companies in the USA. While we are not comparable to China or India, continuation of reduction measures of air pollution is necessary.

More than 250 billion litres of raw sewage and untreated waste water has spewed into Canada’s rivers and oceans in 2019. Many other pollutants are ejected into our world each day. Is this the kind of earth we want to leave our children? The lack of responsibilities measures by many is irresponsibility and goes unchecked by governmental agencies. When the earth is scorched and can no longer regenerate itself to support its populations, the world will transform itself creating conditions which lead to war, famine and atmospheric ruin. Will we deal with this pandemic then after it’s too late? Then we will want to know how many waves are in the ocean and how many stars in the sky.

Perhaps if we renew ourselves and how we view the world, actions will be implemented individually that will cascade and multiply the love the earth needs. So, embrace spring as the time to be honest with yourself, know your limits, exercise, eat right, make time for yourself, develop a spiritual relationship, make love not war and forgive. The forementioned are all achievable but forgiveness is possibly the ultimate refreshment for the soul, by forgiving yourself first. Remove the outer covering and put on the new. Keep one’s soul thinking of our responsibility to each other. Consistently thinking of the progression of the body rushing to 65 and feeling that you’re losing the challenge of a full life, brings me back to the lady with the black shawl turning 90 and still full of life and spiritual strength watching the world go by. Keep strong mom because the renewal of spring for me is you and I’m born again every time I think of the woman you are.

Negative thoughts that need reversal with positive thinking are brought out by everyday life, but particularly now that we are in prison. Anxiety and fear of what the world offers on a daily basis includes betrayal by those you trust and are difficult challenges which also need to be dealt with.  Trust and respect those few you really care for and discard the negativism that sucks the renewal out of your life, including those currently around you.

As springs shoots out of our earth, don’t dig a grave but do what nature offers each year by warming your soul and decluttering your world including the environmental and physical viruses invading your space.

Let’s recycle to create beauty. Prison is only temporary. Wash your hands often and clean your soul.

Editorial em Português

Primavera & Vírus

O mundo transformou-se numa prisão, mas apesar disso seja bem-vindo ao primeiro dia dep. Enquanto o sol atravessa o equador celeste e se move para norte, a primavera traz pensamentos de renascimento, renovação do crescimento, o desabrochar das flores e danças hormonais que convidam ao contacto. À medida que saímos do estado de hibernação do frio de inverno, a nossa mente é invadida por pensamentos positivos relembrando-nos que está na altura de nos fortalecermos e de nos sentirmos renovados. Os atuais desafios lançados pelo COVID-19 irão acalmar o nosso entusiasmo, mas até essa ameaça será combatida com o sentimento de esperança e que melhores momentos se aproximam.

Esta semana, a edição do Milénio Stadium aborda a renovação do corpo e da mente nesta época primaveril, mas também do vírus secundário que é a poluição devido aos plásticos e outros elementos criados pelo Homem que têm demonstrado a inabilidade humana de lidar com o assunto.

O Mundo da Greta transformou-se numa lixeira para aqueles que consideram que o espaço que ocupam não deve ser respeitado durante o momento temporário em que desfrutam da Terra. A Terra está entupida de poluentes – todos os dias mais de oito milhões de pedaços de plástico encontram o seu caminho para o oceano. Estima-se que existem cerca de 5.25 triliões de macro e micro plásticos a flutuar em pleno oceano, com um peso total de cerca de 269,000 toneladas. Os plásticos representam entre 60 a 90% dos detritos marinhos, destruindo a vida marinha e o nosso planeta.

Todos os anos, a poluição atmosférica resulta em 7.700 mortes prematuras no Canadá. As empresas canadianas contribuem 73% mais do que as empresas nos EUA. Apesar de não sermos comparáveis à China ou à Índia, são necessárias medidas de redução da poluição atmosférica.

Em 2019, mais de 250 mil milhões de litros de esgoto e água não tratada dirigem-se aos rios canadianos e oceanos. Todos os dias são ejetados vários poluentes para o nosso planeta. Queremos deixar aos nossos filhos uma Terra nestas condições? A falta de medidas são uma irresponsabilidade que o Governo não resolve. Quando a Terra secar e não tiver capacidade de se regenerar para suster a sua população, o mundo irá transformar-se, criando condições que conduzirão a guerras, fome e ruína atmosférica. Vamos lidar com esta pandemia apenas quando for tarde demais? Depois iremos querer saber quantas ondas existem no oceano e quantas estrelas no céu.

Talvez se nos renovarmos e renovarmos a forma como vemos o mundo, venham a ser implementadas ações individuais que irão desencadear um efeito em cadeia e multiplicar o amor que a Terra necessita. Então, veja a primavera como o momento para ser honesto consigo próprio, conheça os seus limites, faça exercício, coma de forma saudável, arranje tempo para cuidar de si, desenvolva uma relação espiritual, faça amor e não guerra e perdoe. Todas as coisas acima mencionadas são possíveis, contudo o perdão é o melhor alívio para a alma, perdoe-se a si primeiro. Remova a cobertura externa e comece de novo. Pense na responsabilidade de cada alma para com os outros. Pensar constantemente na progressão do corpo a correr para os 65, com a sensação de que está a perder o desafio de viver uma vida plena, faz-me lembrar a senhora com o xaile preto a celebrar 90 anos e cheia de vida e força espiritual a ver o mundo passar. Mantém-te forte mãe, porque a renovação da primavera para mim és tu e eu nasço novamente cada vez que penso na mulher que és.

No dia a dia da nossa vida são-nos trazidos pensamentos negativos que precisam de ser revertidos para pensamentos positivos, mas particularmente agora que estamos numa prisão. A ansiedade e o medo daquilo que o mundo oferece no seu dia a dia inclui a traição por aqueles em quem confiava e existem outros desafios difíceis que precisam de ser enfrentados. Confie e respeite aqueles com quem se preocupa e rejeite o negativismo que suga a renovação da sua vida, incluindo daqueles que o rodeiam.

Com a primavera a desabrochar da terra, não cave uma sepultura – ao invés aproveite o que a natureza oferece e aqueça a sua alma e organize o seu mundo, incluindo os vírus físicos e ambientais que invadem o seu espaço.

Vamos reciclar para criar beleza. A prisão é apenas temporária. Lave as mãos com frequência e limpe a sua alma.

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

Close
Close