Editorial

Máscaras e Vacinas

Editorial

São várias as pessoas que acreditam que as máscaras de proteção e as vacinas são uma violação aos seus direitos e liberdades.

 

Masks and  Vaccines-editorialPOr-mileniostadium
Cartoon by Stella Jurgen

 

Esta semana, o Milénio Stadium examina o conceito que pode guiar o processo de pensamento daqueles que acreditam em teorias da conspiração, com a ideia de que a sociedade os quer magoar ao impor ou recomendar que certas normas devem ser seguidas para o bem de todos.

Durante a pandemia, as autoridades governamentais não têm sido úteis na distribuição de informação concisa e clara, o que conduziu ao aumento da confusão e conivência por parte de muitos.

Um novo relatório sugere que cerca de 10% da população não é a favor da vacinação ou qualquer outra coisa que possa afetar as suas vidas. A insubordinação e a anarquia são frequentemente características destes indivíduos, cujas ações estão também refletidas em atitudes contrária e narcisistas que podem ser observadas na sociedade. Assim como as ações que têm vindo a ser observadas na América do Norte através dos tumultos e queima das cidades onde vivemos.

A vacina para a Covid-19 ainda se encontra a vários meses de distância. Os profissionais de saúde especializados sugerem pelo menos seis meses, no entanto não devemos supor que a vacina será uma cura milagrosa. Apesar de algumas pessoas experimentarem remédios tradicionais ou caseiros para aliviar os sintomas e criarem algum conforto, a verdade é que não existem receitas médicas que se mostraram eficazes para prevenir ou curar a doença. A OMS não recomenda automedicação com quaisquer remédios, incluindo antibióticos, como prevenção ou cura para a Covid-19. Os testes clínicos que têm vindo a decorrer para desenvolver vacinas e medicamentos continuam em várias frentes. Mais de 170 equipas de investigadores estão numa corrida para desenvolver uma vacina segura e eficaz. Não se esperam injeções para um futuro próximo. A prevenção geral para não se apanhar Covid começa em cada um de nós.  A prevenção de outras doenças através de programas de bem-estar e exercício são a chave como parte de um método de prevenção geral.

Em algumas jurisdições, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos fechados e nos transportes públicos. Apenas utilizar a máscara não irá prevenir a Covid-19. Deve aderir a uma boa higiene e a medidas de saúde pública, o que inclui a lavagem frequente das mãos e o distanciamento físico.

A temporada da gripe está a chegar. É fundamental que tome a vacina da gripe, independentemente da mensagem dos desobedientes. Não precisamos das nossas salas de emergência cheias com pessoas que não deveriam lá estar. Cada cidadão tem a responsabilidade de olhar por si e pelos outros que o rodeiam. Enfrentamos tempos estranhos. A CNE foi cancelada, assim como muitas outras atividades, que iriam distrair as nossas mentes do stress criado pela imposição de um vírus que nenhum de nós esperava ou estava preparado para enfrentar.

Cuide de si e obedeça às regras. Tome a vacina da gripe!


in english

Masks and Vaccines

Many people believe that protective masks and vaccinations are an infringement on their rights and freedoms.

This week’s Milénio Stadium examines the concept of what may guide the thought process of those who thrive on the conspiracy factors of society wanting to hurt them by imposing or recommending that certain norms be followed for the good of all.

 

Masks and  Vaccines-editorial-mileniostadium
Cartoon by Stella Jurgen

 

Governmental authorities haven’t been helpful when providing clear and concise information during this pandemic giving rise to confusion and connivance among many.

A new survey suggests that about 10% of the population are against vaccines and anything else that may affect their lives. Sedition and anarchy are often traits of these individuals whose actions are also reflected on contrarian and narcissistic attitudes which can be observed in society such as the actions being observed across North America through riots and burning down cities we live in.

A vaccine for Covid-19 is still many months away. Educated health professionals are suggesting six months but we should not assume that the vaccine will be a miracle cure. While some people may be trying traditional or home remedies to get more comfort and alleviate symptoms, there are no medicines that have been shown to prevent or cure the disease. WHO does not recommend self-medication with any medicines, including antibiotics as a prevention or cure for Covid-19. On-going clinical trials to develop vaccines and medicines are continuing on various fonts. More than 170 teams of researchers are racing to develop a safe and effective vaccine. Injections are not expected in the immediate future. The overall prevention of acquiring Covid begins with each of us. Prevention of other diseases through wellness programs and exercise is key as part of an overall method of prevention.

In some jurisdictions, the use of masks in many indoor public spaces and on public transit is now mandatory. Wearing a mask alone will not prevent Covid-19. You must strictly adhere to good hygiene and public health measures, including frequent hand washing and physical distancing.

The flu season is arriving. It is imperative that you get a flu shot regardless of the insubordinates who will message otherwise. We don’t need our emergency rooms filled with people who should not be there. Every citizen has a responsibility to look after themselves and those around us. It’s a strange time that we are going through. The CNE has been cancelled along with many other things which would have taken our minds away from the stresses created by the imposition of a virus which none of us expected or were prepared for.

Take care and obey the rules. Get a flu shot!

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW