Editorial

Dinheiro ou a Morte?

Editorial

Enquanto questionamos como está a nossa vida neste momento, paramos para refletir naquilo que nos dá resiliência para lidar com o sofrimento dos ciclos intermináveis de informação e confusão com que nos deparamos. As nossas prisões temporárias, que aceitámos como sendo necessárias para voltarmos ao mundo “normal”, providenciam uma visão artificial do que é e/ou poderia ser, mas que nunca será.

Os últimos dados referentes à Covid proporcionam-nos uma perspetiva de esperança. A nível mundial, existem mais de três milhões de pessoas infetadas e 211,000 mortos. Em Ontário, existem cerca de 15,000 infetados e 892 mortos. Contudo, parece que o vírus se está a retrair em certas áreas havendo esperança de que possa ser, finalmente, controlado.

A vida continua sob o domínio da Covid-19, onde tudo o que consumimos está contaminado ou intensificado pela Covid. Social e moralmente muitos seres humanos que requerem uma atenção especial estão a ser ignorados. Os políticos continuam a pregar e repreender porque não sabemos tomar conta de nós e alguns cidadãos estúpidos estragam tudo para os restantes. Pessoalmente, estou cansado dos sermões diários que se tornaram num louvor a si próprios e na construção de uma plataforma para propósitos políticos. Têm sido disponibilizados milhares de milhões de dólares a tudo o que ande e fale, sem qualquer justificação ou motivo. Onde estavam todos esses milhares de milhões de dólares antes da pandemia? De repente, o dinheiro não é obstáculo, portanto pode assumir-se que tinham estes fundos guardados debaixo dos colchões. Por favor, lembre-se que os mais expostos financeiramente não são trabalhadores do setor público. Esses continuam a ser pagos com os dólares dos nossos impostos e isso inclui todos os políticos, a sua equipa, etc. Certamente que não estão a sofrer e no final, é o cidadão comum que será sobrecarregado com o pagamento da dívida. Todos os políticos deveriam fazer como o Putin e esconder-se num bunker.

Esta semana, a edição do Milénio Stadium discutirá a ligação entre morte e dinheiro. O mundo fala do regresso ao normal de variadas formas, no entanto continuamos a ignorar os nossos cidadãos mais vulneráveis em residências para idosos, sendo que continuam a morrer devido à má gestão governamental da crise da Covid. Porque é que estão tantos idosos a morrer? Não são tão importantes quanto os restantes? Os interesses económicos estarão na linha da frente, enquanto se sacrificam muitas vidas. Isto será feito com o pretexto de salvar uma pandemia financeira que favorece certos setores da economia. Se uma pessoa morre porque uma decisão económica foi priorizada ao invés da vida, então qual é o valor que damos à vida? Num mundo que come os seus e cospe os ossos para serem enterrados, o valor é provavelmente muito baixo. Os seres humanos, tal como outros animais, tornaram-se descartáveis.

Na capa do Milénio Stadium vemos uma menina linda que luta pela vida. A Eva tem enfrentado uma doença horrível e a comunidade respondeu de forma incrível com doações, para que consiga adquirir um medicamento que lhe pode salvar a vida. A generosidade fez com que a Eva percorresse 2/3 do caminho que lhe pode salvar a vida. Agora, precisa do outro 1/3 e eu acredito que a comunidade consegue unir-se para alcançar esse objetivo. Junte-se a nós e contribua para os eventos que MDC Media Group irá promover. Precisamos da sua ajuda para atingir o nosso objetivo. No meio de tanta desgraça e melancolia, a Eva é uma luz que tem que se manter a brilhar.

Junte-se a nós no “Songs for Eva”. É uma questão de vida e morte.


in english

Money or Death?

As we suffer through endless cycles of information and confusion at where our lives are on this moment in time, we stop to reflect on what is it that gives us the resilience to cope. Our temporary jails which we have accepted as something that’s necessary to get back a “normal” world provides an artificial view of what is and/or could be but may never become.

The latest Covid data appears to provide a horizon of hope. Currently worldwide over three million people are infected and 211,000 have passed away. In Ontario about 15,000 are infected and 892 have died. However, it would appear that the virus is retracting in many areas providing hope that it can finally be controlled.

As life goes on under the umbrella of Covid-19 where everything we consume is tainted or accentuated by Covid, socially and morally many human beings that require special attention are being ignored. Politicians continue to preach and reprimand its constituents because we don’t know how to take care of ourselves as a few stupid citizens spoil things for the rest of us. I am personally tired of the daily preaching sessions which have become self-adulating and platform building for political purposes. Billions of dollars are being thrown at everything that walks and talks without any rhyme or reason. Where were all the billions of dollars before the pandemic? Suddenly money is no object therefore it can be assumed that they must have been keeping the funds in their mattresses. Please remember that those most exposed financially are not public sector workers.  Those continue to be paid with our tax dollars and this includes all politicians, their staff, etc. They are certainly not suffering and in the end it’s the common citizen who will be saddled with paying the debt back. All politicians should do like Putin and hide in a bunker.

This week’s Milénio Stadium will discuss the connection of death and money. As the world speaks of returning to normal in various forms, we continue to ignore our most vulnerable citizens in Seniors Residences who continue to die because of government mishandling of Covid crisis. Why are so many seniors dying? Are they not as important as the rest of us? Economic interest will be placed at the forefront while sacrificing many lives. This will be done in the name of saving a financial pandemic which favours certain sectors of the economy. If one person dies because an economic decision took priority over that life, how much value do we place on that life? In a world that eats its own and spits out the bones to be buried, the value is probably very small. Human beings like other animals have become disposable.

On the cover of Milénio Stadium a beautiful little girl is shown still fighting for her life. Eva has been battling a horrible disease and the community has responded wonderfully by giving to enable the acquisition of life saving drugs. Previous generosity has taken Eva 2/3 of the way to her life saving goal. She needs another 1/3 and I know the community can come together to make it happen. Join and contribute to the events that MDC Media Group will be promoting. Your help is needed to reach the goal. In the middle of all doom and gloom Eva is a bright light that needs to be kept shining.

Join us making “Songs for Eva”. It’s a matter of life and death.

Manuel DaCosta/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW