Editorial

Acessibilidade (económica) & Você

Acessibilidade (económica) – o estado de ser barato o suficiente para que as pessoas tenham a possibilidade de comprar.

Durante esta campanha para as eleições, irá provavelmente ouvir os candidatos a usar a expressão acessibilidade na perspetiva económica. Irão dizer-lhe que os canadianos comuns já não têm capacidade para viver de forma confortável devido ao aumento do custo dos bens e serviços que usamos no nosso dia a dia. Muitos candidatos, que nunca tiveram um emprego regular e têm um rendimento garantido pelo governo, irão fazer declarações que servem apenas para espalhar a incerteza e o medo. Ao viverem em áreas urbanas como Toronto, Vancouver ou Montreal, muitos canadianos estão a sentir dificuldades em sobreviver porque os ordenados não coincidem com os requisitos de despesas necessárias para viver uma vida citadina.

Como a maioria sabe, a habitação em centros urbanos dita o nível de acessibilidade e a sua qualidade de vida dentro desses centros. A escolha da habitação é uma resposta a um conjunto complexo de economia e impulsos sociais e psicológicos. Alguns agregados familiares podem escolher gastar mais em habitação porque sentem que podem suportar esse custo, enquanto outros não têm escolha no tipo de habitação em que vivem.

No Canadá, a regra tipicamente aceite para guiar a sustentabilidade da habitação considera que o custo de habitação não deve exceder os 30% dos rendimentos do agregado familiar.

O rendimento é o principal fator pelo qual os agentes de sustentabilidade na habitação são calculados, pois a habitação é a maior despesa de uma família. A relação custo-benefício do orçamento total determina a qualidade de vida de tudo o que fazemos. Toronto está em segundo em relação a Vancouver como a cidade mais dispendiosa do Canadá. Podem ouvir-se constantemente queixas acerca do custo de vida, no entanto, muitas dessas queixas são feitas por pessoas que não avaliam o seu estado económico para garantir que vivem dentro dos seus limites. O abuso excessivo do cartão de crédito e a ignorância na forma como as taxas de juro funcionam aliado à proliferação de impressões falsas das empresas, sugere que pagar o mínimo é aceitável. O cidadão comum está geralmente pouco informado acerca de como o mundo financeiro funciona, ficando mais suscetíveis a ofertas financeiras de fornecedores sem escrúpulos, que apenas fazem dinheiro para os vendedores do produto financeiro.

A falta de sustentabilidade económica no nosso quotidiano resulta em violência doméstica, separação conjugal, condições de vida pouco seguras devido ao consumo de álcool ou drogas e milhares de mulheres e homens que vendem o seu corpo para a prostituição para pagar os estudos ou as condições básicas de vida. O mundo evoluiu e as populações já não são imóveis. As condições instáveis da guerra, a escassez, etc. surtiram efeitos nas economias de vários países. O comércio e as guerras de inteligência afetam a forma como vivemos graças à teimosia de líderes mundiais egomaníacos que usam sanitas de ouro.

O futuro pode não ver muitas soluções daqueles que são conhecidos como especialistas financeiros, considerando que o mundo muda mais rapidamente do que aquilo que conseguem prever. Cada vez mais, as pessoas procuram ajuda e é da responsabilidade daqueles que podem ajudar chegarem-se à frente. Os políticos irão oferecer-lhe alguns dólares para garantir o seu voto. Não acredite em promessas feitas durante uma eleição. O caminho para a acessibilidade económica é a autossuficiência, através de um emprego estável e do cálculo da sua situação financeira para viver a vida. Viver acima das nossas possibilidades nunca é a resposta.

Affordability & You

Affordability – The state of being cheap enough for people to be able to buy.

During this election campaign you are likely to hear all candidates use the word affordability. They will tell you that ordinary Canadians can no longer afford to live comfortable lives due to the cost increases in goods and services as we live our daily lives. A lot of the statements you hear will be made to spread fear and uncertainty by many candidates who have never had a regular job and are assured of an urban areas such as Toronto, Vancouver and Montreal because wages do not match the requirements of expenditures needed to live an urbanistic life.

As most are aware, housing in urban centers dictate your affordability levels and your quality of life within these centers. Housing choices is a response to a complex set of economic, social and psychological impulses. Some households may choose to spend more on housing because they feel they can afford to, while others do not have a choice on the type of housing they live in.

In Canada the commonly accepted rule for housing affordability is a housing cost that does not exceed 30% of a household’s gross income.

Income is the primary factor by which housing affordability factors are calculated because housing is the biggest expense in the family. The cost effectiveness of the total budget available dictates the quality of living for everything else we do. Toronto is second to Vancouver as the most expensive city in Canada. Constant complaints can be heard about the cost of living, yet many of the complaints are made by people who have not assessed their economic status to ensure they live within their means. Credit Card abuse is a rampant and due to ignorance of how credit card interest rates work, companies proliferate false impressions suggesting that paying minimums are acceptable. The common person is generally uneducated about how the financial world operates leaving themselves open to unscrupulous purveyors of financial offerings that only make money for the seller of the financial products.

Lack of affordability in our daily lives results in domestic violence, marital breakdown, unsafe living conditions due to drug and alcohol abuse and thousands of young women selling their bodies to prostitution to pay for school studies and basic living. The world has evolved where populations are no longer stationary. Ambulatory conditions due to famine, wars, etc. means that many countries’ economies are being affected. Trade and intelligence wars are affecting the way we live due to stubbornness of egomaniac world leaders who use gold toilets.

The future may not see many solutions from those who are called financial experts as the world changes faster that they can predict. More and more people will look for help and it is the responsibility of those who can help to step up. Politicians will offer you a few dollars to get your vote. Don’t believe promises during an election. The way to affordability is self-sufficiency by having stable employment and calculating your financial affordability by which you can live your life. Living above our means is never the answer.

Manuel DaCosta

Cartoon: Stella Jurgen

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close