Desporto

Oito minutos bastaram para Sporting dar a volta ao resultado em Astana

Liga Europa: Astana 1 – 3 Sporting

Oito minutos bastaram para o Sporting dar a volta ao resultado e arrumar, praticamente, a eliminatória, ao vencer em Astana por 3-1, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol.
Depois de uma primeira parte apagada, ao fim da qual perdia por 1-0 – golo de Tomasov aos sete minutos -, o Sporting deu a volta ao resultado no espaço de dois minutos, aos 48 e 50, por Bruno Fernandes, na conversão de uma grande penalidade, e Gelson Martins, tendo arrumado praticamente com o desfecho da eliminatória com a marcação do terceiro golo, aos 56, por Doumbia. A entrada forte dos “leões” pós-intervalo apanhou a equipa do Cazaquistão de surpresa e sem capacidade para travar a qualidade individual dos jogadores do Sporting nos lances dos três golos.
A boa entrada no segundo tempo deu os seus frutos, com Bruno Fernandes a não dar qualquer hipótese no penálti, depois Gelson Martins surgiu desmarcado ao segundo poste a “encostar” para o fundo das redes um cruzamento de Acuna e, finalmente, no terceiro, emergiu a qualidade técnica de Bruno Fernandes, com um cruzamento para o interior da área, onde Doumbia surgiu a finalizar. Se as coisas já estavam complicadas para o Astana, mais ficaram a partir do minuto 63, quando o central Logvinenko foi expulso por acumulação de cartões amarelos, numa falta cometida pelas costas sobre Fredy Montero, que Jorge Jesus fizera entrar para o lugar de Doumbia. A partir daqui, o Sporting baixou claramente o ritmo com que entrou para a segunda parte e foi gerindo a vantagem numérica e no resultado, perante um adversário com a sua capacidade de reação diminuída, pelo que Jorge Jesus aproveitou para poupar Fábio Coentrão e Doumbia, ao trocá–los por Battaglia e Fredy Montero, ainda com cerca de meia hora para jogar. No entanto, a primeira parte revelou um Sporting aparentemente com dificuldades de adaptação ao relvado sintético, lento e previsível nas suas saídas para o ataque e com erros de posicionamento na defesa, que originaram o golo do Astana, logo aos sete minutos, por Marin Tomasov, e outros lances de perigo criados pelo ataque do Astana junto à baliza de Rui Patrício.
De destacar ainda um erro grosseiro da equipa de arbitragem, que anulou um golo ao Sporting aos 40 minutos, por Doumbia, que tinha dois jogadores do Astana a colocá-lo em posição legal, na sequência de uma cabeçada inicial de Coates.

Jogo na Arena de Astana.
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores:
1-0, Marin Tomasov, 07 minutos.
1-1, Bruno Fernandes, 48 (grande penalidade).
1-2, Gelson Martins, 50.
1-3, Doumbia, 56.
Equipas: – Astana: Nenad Eric, Igor Shitov, Yuriy Logvninenko, Mariu Anicic, Dimitriy Shomko, Abzal Beysebekov (Marko Stanojevic, 57), Patrick Twumasi, Ivan Majevski, Laszlo Kleinheister, Marin Tomasov (Roman Murtazaev, 86) e Djordje Despotovic (Sergey Maliy, 64).
(Suplentes: Sergey Maliy, Aleksandr Mokin, Roman Murtazaev, Evgeny Postnikov, Marko Stanojevic e Baktiyar Zaymutdinov).
Treinador: Stanimir Stoilov.
– Sporting: Rui Patrício, Piccini, Coates, André Pinto, Fábio Coentrão (Battaglia, 57), William Carvalho, Bryan Ruiz, Acuña, Bruno Fernandes, Gelson Martins (Rúben Ribeiro, 85) e Doumbia (Fredy Montero, 61).
(Suplentes: Salin, Battaglia, Bruno César, Stefan Ristovski, Rafael Leão, Rúben Ribeiro e Fredy Montero).
Treinador: Jorge Jesus.
Árbitro: Ruddy Buquet (França).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Coates (25), Yuriy Logvinenko (52 e 63), William Carvalho (77), Abzal Beysebekov (80) e Ivan Majevski (82). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Yuriy Logvinenko (63).

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER