Modalidades

We The North

Foram necessárias 6 partidas para se encontrar o grande campeão da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) de 2019 – num feito nunca antes alcançado, os Toronto Raptors conseguiram bater os Golden State Warriors e alcançaram o mais ambicionado título, frente aos 19.596 espetadores presentes na Oracle Arena, em Oakland. A dinastia dos Warriors foi, assim, derrubada.

Depois de terem desperdiçado a oportunidade de festejarem o título em casa, os Raptors venceram fora os Warriors, no sexto jogo da final, por 114-110, terminando a série em 4-2.

A equipa canadiana não se deixou abalar pela derrota sofrida nos instantes finais da partida anterior, por 105-106, e entrou com toda a garra necessária e rapidamente ganharam nove pontos de avanço (2-11 e 8-17).

Apesar de ninguém lhe poder retirar o mérito, a formação de Nick Nurse encontrou um adversário bastante “desfalcado” pela grave lesão de Kevin Durant e também pela ausência de Klay Thompson já no último período, por lesão contraída a cerca de dois minutos do final do terceiro período. Nesta altura, Thompson era o melhor em campo, já somava 30 pontos, com oito em 12 nos “tiros” de campo e 10 em 10 em lances livres, colocando os Warriors na frente por 85-80.

Kawhi Leonard (o Most Valuable Player da final) e Fred Vanvleet somaram ambos 22 pontos, Kyle Lowry 26 pontos, 10 assistências e sete ressaltos, Pascal Siakam também 26 pontos e 10 ressaltos e o internacional espanhol Serge Ibaka 15 pontos, e foram implacáveis e determinantes para esta vitória – não esquecendo, no entanto, o grande falhanço de Curry, a 9 segundos do final da partida, desperdiçando um triplo quando marcador mostrava 111-110 para a equipa canadiana.

Do lado dos poderosos Golden State Warriors, campeões de três títulos nos últimos quatro anos, Thompson foi o melhor, seguido de Andre Iguodala, com 22 pontos, enquanto Curry não teve o seu melhor desempenho nos triplos (três em 11), e Draymond Green fez um ‘triplo duplo’ (11 pontos, 19 ressaltos e 13 assistências) mas, por outro lado, teve oito perdas de bola sem lançamento.

Nota ainda para os 12 pontos e cinco ressaltos de DeMarcus Cousins, a grande aposta dos Warriors para 2018/19, mas que contou com vários episódios de problemas físicos.

Nav Bhatia

O roteiro da vida de Nav Bhatia: saiu da Índia, foi estudar para os Estados Unidos, voltou para a Índia, veio para o Canadá, começou o seu próprio negócio e, durante 24 anos não falhou um único jogo em casa dos Toronto Raptors.

Este fã é já um símbolo de Toronto e, naturalmente, ficou em êxtase com esta vitória que tem um significado muito maior do que aquele que, à primeira vista, possamos assumir.

Depois de vários episódios de discriminação, este indiano quis provar que nenhuma dessas reações negativas faziam sentido. Acabou por se tornar num dos maiores vendedores de automóveis em Toronto mas, mesmo assim, ainda não estava satisfeito.

Bhatia já havia sido considerado pelo antigo campeão e diretor geral Isiah Thomas como “Super Fã” dos Raptors e acabou por conseguir marcar uma reunião com responsáveis da equipa. O resultado? A instituição de um “Baisakhi Day” todas as épocas, o primeiro de sempre com três mil crianças convidadas e com todas as receitas a reverterem para a comunidade e para os jovens.

Hoje, já com uma Fundação sem fins lucrativos em seu nome, que tem como objetivo apoiar crianças desfavorecidas e projetos de integração na sociedade (tendo sempre como base das ações o basquetebol), Nav Bathia já assistiu a mais de 1000 encontros consecutivos dos Raptors.

Bathia ganhou o carinho das maiores estrelas da NBA, dos CEO de grandes empresas, de vários músicos internacionais e até já brilhou na passadeira vermelha de Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2017 por ter entrado no documentário sobre Vince Carter. Este grande homem é, sem dúvida, o símbolo de uma nova cultura e uma verdadeira inspiração que concretizou os sonhos de milhares de crianças. Hoje, 24 anos depois, viu também o seu grande sonho ser concretizado – os Raptors são os grandes campeões da NBA!

Inês Barbosa

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close