Futebol

Sporting chega à zona europeia com triunfo sobre o Vitória de Guimarães

Os golos de Jesé – uma estreia -, Acuña e Coates colocaram este domingo (27) o Sporting no quarto lugar da Liga, selando o triunfo por 3-1 na receção ao Vitória de Guimarães, em jogo da oitava jornada.

Jesé aproveitou da melhor forma a estreia na titularidade ao abrir o marcador, aos 29 minutos, num momento em que o Vitória de Guimarães até estava a dominar e, aos 32, Acuña, com o 2-0, matou as aspirações forasteiras.

Léo Bonatini ainda reduziu, aos 67 minutos, mas Coates acabaria por fixar o resultado, aproveitando um erro do guarda-redes Miguel Silva, aos 74, o que permitiu ao Sporting subir ao quarto lugar, com 14 pontos, mais dois do que o Guimarães, quinto colocado.

Em mês de luta contra o cancro da mama, todos os jogadores entraram acompanhados por mulheres que sofreram deste problema de saúde. O capitão Bruno Fernandes subiu ao relvado do Estádio José Alvalade acompanhado de Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo.

O espaço destinado às claques Juve Leo e Directivo XXI, no topo sul, foi ocupado por sócios tipo A e pelos núcleos. Ainda assim foi visível a presença das claques, tendo sido atirada uma tocha para o relvado, aos 20 minutos, e dirigidas palavras de ordem contra a direção presidida por Frederico Varandas.

Como resposta, os restantes adeptos presentes no estádio assobiaram este comportamento.

Apesar das tentativas de André Almeida e Léo Bonatini, aos dois e 28 minutos, foi o Sporting o primeiro a chegar ao golo, na sequência de uma jogada iniciada por Vietto, que isolou Jesé, aos 29, tendo o espanhol ‘pegado’ na bola e contornado o guarda-redes Miguel Silva, para fazer o 1-0.

Ainda os comandados de Ivo Vieira se estavam a recompor e novamente Vietto, aos 32 minutos, encontrou uma nesga de terreno no setor defensivo vimaranense e serviu Acuña para o 2-0.

O Guimarães não desarmou, manteve o pendor atacante, mas o melhor que conseguiu, antes do intervalo, foi um cabeceamento de Lucas Evangelista para as mãos do guarda-redes Renan Ribeiro.

A abrir a segunda parte, uma jogada dividida entre o guarda-redes Miguel Silva e Bruno Fernandes obrigou o árbitro Artur Soares Dias a consultar as imagens do VAR. O juiz portuense acabaria por não considerar grande penalidade.

Os vimaranenses mantiveram pressão alta e a entrada de João Carlos Teixeira para o lugar de André Almeida traduziu-se num maior desequilíbrio nos flancos. O Sporting recuou e permitiu aos forasteiros crescerem no terreno, recuperando facilmente a bola.

Aos 67 minutos, Davidson, na área do Sporting, rodou sobre Coates e, colocando a bola ao segundo poste, serviu Léo Bonatini para o 2-1.

Na resposta, o Sporting chegou ao 3-1, por intermédio de Coates. O uruguaio recebeu a bola de um livre cobrado por Acuña, e aproveitou uma defesa incompleta de Miguel Silva para recolocar o Sporting a vencer por dois golos.

Até ao final, destaque para a estreia na Liga do jovem Rodrigo Fernandes, de 18 anos, que tem vestido a camisola da equipa de sub-23 do Sporting.

 

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close