FutebolDesporto

Sérgio Conceição e o Chelsea: “Quem não acreditar não pode vestir esta camisola”

O treinador do F. C. Porto fez esta terça-feira a antevisão ao jogo com o Chelsea, em Sevilha, a contar para a primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões.

Sérgio Conceição começou cedo a dar o mote: “O acreditar faz parte desta casa. Vocês conhecem aquilo que nós somos, o nosso histórico, e eu acho que quem não acreditar que é possível ganhar o próximo jogo não pode vestir esta camisola”.

“Essa crença, essa ambição que todos nós temos aqui, está patente no nosso dia a dia e o mais importante para nós é pensarmos no futuro próximo. E o futuro próximo é o jogo com o Chelsea, isso é o que nos interessa”, acrescentou o treinador.

Na eliminatória anterior da maior prova de clubes do Mundo, o F. C. Porto eliminou a poderosa Juventus, mas Sérgio Conceição não vê grandes semelhanças no estilo de jogo entre os italianos que ficaram para trás e os ingleses que estão pela frente dos dragões.

“É um adversário diferente em muitas coisas, na sua dinâmica, no seu processo ofensivo e defensivo. Também nos esquemas táticos é uma equipa diferente da Juventus. Podemos comparar a valia das duas equipas, são duas das melhores do Mundo que estão habituadas a jogar ao mais alto nível com jogadores que dispensam apresentações. Estamos conscientes de que vamos ter uma tarefa muito difícil, mas também temos a nossa equipa pronta e fazemos parte de um clube histórico que, não tendo um orçamento minimamente parecido com essas equipas, consegue bater-se pelo espírito e pela qualidade de jogo. O que fizemos contra a Juventus, sem ter muita bola, foi de uma qualidade fantástica em termos táticos”, considerou o técnico.

Sobre as ausências dos castigados Sérgio Oliveira e Taremi, Sérgio Conceição rematou assim: “Nós gostaríamos de ter toda a gente disponível, nomeadamente esses dois que não podem jogar por castigo, o Mehdi Taremi e o Sérgio. Pode mudar alguma coisa, mas não em relação especificamente ao Sérgio. Em relação à estratégia que temos para o jogo. Se o Sérgio jogasse, a estratégia seria exatamente igual. Mas estamos a falar do melhor marcador da equipa, de um jogador importante e cuja ausência não é fácil de colmatar. Mas eu estou aqui para arranjar soluções. Não vamos mudar a nossa forma de olhar para o jogo só porque faltam dois jogadores que têm jogado regularmente”.

Ao contrário de Marcano que, mesmo não estando inscrito, viajará com a equipa, esta tarde, rumo a Sevilha, Sérgio Oliveira e Taremi ficarão por terra. Palavra de Sérgio Conceição: “Eu pensei em levar toda a gente, mas é importante que o Sérgio e o Taremifiquem. Nomeadamente por terem jogado muito e porque o Sérgio tem um pequeno problema físico que terá de recuperar. Estas viagens desgastam-nos, se não iriam connosco”.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER