Futebol

Rio Ave obriga F. C. Porto a deixar dois pontos em Vila do Conde

No jogo de abertura da 31.ª jornada da Liga, o F. C. Porto cedeu um empate a dois golos em Vila do Conde, após ter estado a vencer por 2-0.
Frente a um adversário moralizado, fruto dos dois triunfos consecutivos nas últimas duas rondas, o F. C. Porto entrou bem na partida, tendo marcado dois golos na primeira metade do primeiro tempo que deram tranquilidade à equipa de Sérgio Conceição.

Numa boa jogada de contra-ataque, Brahimi finalizou de cabeça e inaugurou o marcador, aos 18 minutos. Apenas três minutos depois, foi a vez de Marega, na sequência de um corte de Rúben Semedo, rematar com sucesso à baliza. A bola ainda bateu em Júnio Rocha antes de trair o guarda-redes Léo Jardim, tendo a Liga atribuído o golo ao defesa brasileiro.

Ao intervalo, após uma primeira parte em que o F. C. Porto teve mais posse de bola e mais remates à baliza que o Rio Ave, a eficácia azul e branca fazia a diferença. Porém, a formação da casa não baixou os braços e na segunda parte conseguiu surgir com mais perigo junto à baliza de Iker Casillas.

Aos 72 minutos, Filipe Augusto rematou a bola à barra, num lance que parecia prever a recuperação do Rio Ave que começou aos 85 minutos. Nuno Santos, após assistência de Gelson Dala, teve a frieza necessária para fazer o 2-1 e cinco minutos depois Ronan assinou o empate, num lance em que Herrera e Danilo Pereira não tiraram a bola de zona perigosa, tendo esta sobrado para Ronan. O avançado brasileiro rematou à entrada da área, o esférico bateu em Alex Telles e traiu Casillas, que nada pôde fazer para evitar o empate.

Fonte: JN


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close