Futebol

Presidente da Federação alemã deixa cargo após aceitar relógio de luxo

O presidente da Federação alemã de futebol (DFB), Reinhard Grindel, demitiu-se terça-feira (2) do cargo, com um pedido de desculpas por ter aceitado um relógio de luxo oferecido por um oligarca ucraniano.

A demissão de Reinhard Grindel surge depois de acusações de que o dirigente terá recebido ofertas exteriores, mas também devido a um descontentamento geral com a sua liderança à frente da DFB.

“Todos os que me conhecem sabem que não sou ganancioso”, disse, acrescentando estar muito incomodado por deixar a Federação por ter aceitado a oferta do ucraniano Hryhoriy Surkis, vice-presidente da UEFA.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close