Futebol

Paulo Bento na receção histórica da Coreia do Norte à Coreia do Sul

O treinador Paulo Bento vai ser um dos participantes no primeiro jogo oficial de sempre em Pyongyang entre as duas Coreias. O português estará hoje no banco da Coreia do Sul, de que é selecionador, na partida marcada para a capital norte-coreana e que conta para o Grupo H asiático de qualificação para o Mundial 2022, que as duas equipas lideram, com seis pontos em dois jogos.

As duas Coreias já se defrontaram 15 vezes até hoje, mas apenas numa ocasião o encontro foi realizado na Coreia do Norte. Foi há 29 anos, em 1990, que Pyongyang foi palco desse duelo, então num jogo de caráter particular, que valeu a única vitória aos norte-coreanos sobre os vizinhos do Sul, os quais, por sua vez, registam sete vitórias. Os restantes sete jogos terminaram empatados.

Desde a guerra da Coreia (1950-1953), que acabou com a cisão da península em duas nações, os norte-coreanos receberam os rivais sulistas noutro país, como China, Singapura, Kuwait e Catar. O último encontro oficial com a Coreia do Norte como anfitriã remonta à fase de apuramento para o Mundial 2010 e realizou-se em Xangai (China), já que o regime de Pyongyang não autorizou que fosse tocado hino da Coreia do Sul nem que a respetiva bandeira fosse hasteada no seu território.

O desporto tem sido uma das raras áreas de proximidade entre as duas Coreias. Nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, em Pyeonghang (Coreia do Sul), os dois países juntaram-se para apresentar uma equipa unificada no hóquei de gelo feminino.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER