Futebol

Jesus tem mais de 50 milhões de euros para reforçar plantel

Para aceitar o regresso à Luz, Jorge Jesus impôs algumas condições, nomeadamente o forte investimento no reforço do atual plantel.

De acordo com o que apurou o JN, a administração da SAD encarnada, presidida por Luís Filipe Vieira, tem mais de 50 milhões de euros para investir no mercado de transferências e tornar a equipa mais competitiva do que foi nesta temporada.

Com esta garantia de Luís Filipe Vieira, o treinador, acompanhado pelo presidente e ainda pela equipa técnica que também transita do Flamengo para o Benfica, aterrou pouco depois do meio-dia no Aeródromo de Tires, em Cascais. Depois, todos se separaram e, escoltado pelas forças de segurança, Jorge Jesus, conduzido pelo filho, Mauro, viajou até casa, onde ficou em descanso e terá acompanhado, via televisão, o jogo com o Aves.

Como o Benfica está a ser orientado pelo treinador interino Nélson Veríssimo e ainda tem um jogo de elevado grau de importância para disputar esta época, frente ao F. C. Porto, na final da Taça de Portugal, Jorge Jesus, a pedido da administração das águias, entendeu não responder às questões que os jornalistas lhe queriam colocar. No entanto, na chegada a casa, lá abriu o vidro do carro que o transportou até lá para, respeitosamente, deixar esta garantia: “Sinto-me bem por chegar ao meu país”.

Jorge Jesus chega a Portugal - milenio stadium - portugal
Cascais, 21/7/2020 – Jorge Jesus chegou esta terça-feira ao final da manhã, juntamente com Luís Filipe Vieira e elementos da equipa técnica ao aeródromo de Tires, onde aterrou o jato privado que fez a viagem desde o Brasil. O próximo treinador do Benfica não falou à comunicação social.
(Ricardo Ramos/Global Imagens)

Antes disso, recebeu as primeiras manifestações de carinho por parte de alguns adeptos do Benfica que deixaram, em Cascais, tarjas de boas-vindas. “Mister regressa a casa”, “To be continued… (Para continuar…)” ou “Rumo ao 38”, podia ler-se nas referidas mensagens.

Já a planear o futuro no Benfica, Jorge Jesus terá, ainda assim, um dia mais calmo, talvez de meditação sobre o contrato que vai assinar em breve e que o ligará ao vice-campeão nacional por três temporadas, até 2023. Em termos salariais, a SAD encarnada irá gastar, nesse período de três anos, qualquer coisa como 18 milhões de euros, sendo que aos bolsos do treinador, já com os descontos feitos, chegarão nove milhões de euros. Segundo nos foi possível apurar, ao contrário do que aconteceu no Flamengo, Jesus poderá não ter, no Benfica, qualquer tipo de cláusula de rescisão. Mas isso só hoje será discutido com os responsáveis dos encarnados.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW