Futebol

Braga e Benfica vencem na Liga Europa

Milenio Stadium - Liga Europa - Braga

S. C. Braga vence Zorya na Ucrânia e lidera grupo

O S. C. Braga somou o segundo triunfo consecutivo no Grupo G da fase de grupos da Liga Europa ao vencer na Ucrânia, o Zorya Luhansk, por 2-1, em jogo da segunda jornada, e lidera em parceria com o Leicester.

O português Paulinho avançou os arsenalistas no marcador logo aos quatro minutos, num contra-ataque rápido, que começou no guarda-redes Matheus e terminou com um remate em posição frontal do avançado, assistido por Ricardo Esgaio.

Pouco depois, o argentino Nico Gaitán coroou a estreia nos minhotos com um grande golo, elevando a conta para 2-0. À entrada da área, o médio pegou na bola e atirou certeiro para o fundo das redes do Zorya.

Os ucranianos não se abalaram pelos dois golos madrugadores e foram para o ataque à procura de dar a volta, contudo, apesar das várias situações criadas, o S. C. Braga deu conta do recado na defesa e manteve o marcador inalterável até ao intervalo.

No segundo tempo, o Zorya continuou a ter um maior caudal ofensivo do que a equipa comandada por Carlos Carvalhal, mas só no último minuto dos descontos (90+6) conseguiu reduzir, por Ivanisenia.

Com este triunfo, os braguistas lideram o Grupo G, com seis pontos, os mesmos do Leicester, que venceu o AEK Atenas, dos portugueses Hélder Lopes e Nélson Oliveira, por 2-1.

Milenio Stadium - Liga Europa - Benfica

Benfica goleia Standard Liège no regresso do público à Luz

O Benfica recebeu e venceu por 3-0, esta quinta-feira (29), o Standard Liège, em jogo da 2.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. O embate entre as águias e os belgas contou com um ingrediente especial: o regresso dos adeptos ao Estádio da Luz.

Depois da Pedreira, em Braga, e do Dragão, no Porto, foi a vez da Luz voltar a receber adeptos nas bancadas, após o afastamento provocado pela pandemia da covid-19 e logo com um festival de bom futebol praticado pelo Benfica. Se nos primeiros 45 minutos, e apesar do domínio encarnado, as equipas foram para o intervalo empatadas a zero, o descanso trouxe mais emoção e os tão desejados golos.

Bastaram quatro minutos para Pizzi, de grande penalidade, aos 49 minutos, abrir a contagem. O tento do capitão encarnado serviu para desbloquear o jogo e aos 66 minutos, também de grande penalidade, Waldschmidt dilatou a vantagem. Mesmo com uma “almofada” confortável no marcador, o Benfica não diminuiu o ritmo e nove minutos depois, Pizzi voltou a fazer o gosto ao pé, num belo gesto técnico executado dentro da área.

Com este triunfo o Benfica é líder do Grupo D, lado a lado com Rangers que venceu o Lech Poznan e soma os mesmos seis pontos que o emblema da Luz.

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER