DesportoFutebol

“Conceito da Superliga europeia caiu no ridículo”, diz presidente da La Liga

"Conceito da Superliga europeia caiu no ridículo", diz presidente da La Liga

Javier Tebas, presidente da Liga espanhola, considera que “ficou demonstrada uma ignorância completa dos líderes sobre o que é a indústria do futebol e sobre os adeptos”.

O presidente da Liga espanhola de futebol, Javier Tebas, considerou esta quarta-feira que o “conceito da superliga europeia caiu no ridículo”, depois de a maioria dos clubes fundadores ter anunciado o abandono do projeto.

“A Superliga caiu no ridículo. Não sei se os clubes também, mas o conceito sim. Ficou demonstrada uma ignorância completa dos líderes sobre o que é a indústria do futebol, e sobre os adeptos, e não só em Espanha”, disse Tebas, garantindo que já há algum tempo o tinham alertado para a possível reação dos adeptos ingleses.

O líder da La Liga considerou que o falhanço do projeto da Superliga não é uma vitória pessoal, mas sim do futebol europeu: “Quem ganhou esta batalha foi o futebol, espanhol e europeu. Isto não era uma batalha contra ninguém. A criação de uma Superliga era perigosíssima para a estabilidade do futebol europeu, e logo do futebol espanhol. A batalha ganhou-a o futebol”, acrescentou, garantindo, por outro lado, não se sentir traído pelos três clubes espanhóis envolvidos no projeto.

Tebas explicou que na quinta-feira vai reunir-se com os clubes da La Liga, adiantando que o Real Madrid terá de dar algumas explicações aos restantes clubes.

No projeto, menos de 48 horas após o anúncio da sua criação, mantêm-se o Real Madrid, Barcelona, Juventus e AC Milan. Manchester City, Chelsea, Liverpool, Inter de Milão, AC Milan, Atlético Madrid, Arsenal e Tottenham já anunciaram o abandono.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER