Toy… Simplesmente espetacular!

Views: 611

A Festa de Passagem do Ano organizada pelo MDC Media Group foi, simplesmente, grandiosa, o que se ficou a dever, particularmente, à atuação de um artista muito mais espetacular do que eu antecipava.

Em 1984, na cidade de Torres Novas, um professor de música, Fernando Rodrigues, já me dizia que Toy cedo seria um artista de muito mais qualidade do que Marco Paulo. Eu não o conhecia e com a minha residência no Canadá era tudo um bocado mais difícil. Mas a verdade é que o meu amigo Prof. Fernando Rodrigues tinha toda a razão. Ou quiçá até se enganou, porque o Toy ultrapassou as suas expectativas.

António Manuel Neves Ferrão, é este o nome de Toy, começou muito cedo a sua carreira artística. Com 5 anos apenas atuou numa festa organizada por uma coletividade Setubalense. Setúbal, cidade de onde Toy é natural, teve uma grande influência no seu caráter. Aos 11 anos passou a integrar o grupo de teatro da sociedade musical Capricho Setubalense ao qual se manteve ligado durante cerca de 5 anos.
Após concluir as suas obrigações académicas na escola Comercial de Setúbal emigrou para a Alemanha, onde viria a editar o seu primeiro trabalho no qual colaborou um grupo de músicos alemães – os “Prestige”.
Vivendo oito anos na Alemanha teve a oportunidade de trabalhar em vários estúdios de gravação, onde exerceu a função de produtor de vários artistas e grupos. Em simultâneo desenvolvia os seus próprios trabalhos. Em 1984 levou para Portugal uma gravação de dois temas que deram origem ao seu primeiro single, “Dias de Paz”. Seguiu-se outro single “Depois de Ti” e em 1998 usando já o nome de Toy nome que escolheu para a vida artística visto este ser o nome que todos os seus amigos e familiares lhe chamavam, lançou-se para um terceiro trabalho intitulado “Mulher Latina”.

E foi este (certamente ainda melhor) Toy que testemunhámos no Renaissance by the Creek em Mississauga, onde ele não se cansou de cantar elogios a Mississauga, Toronto e Canadá. Durante mais de duas horas, Toy, que já alcançou os 55 anos de idade, deu provas de ser um jovem de 15 anos, saltando, cantando, tocando viola, teclado, brilhante na bateria, correndo, fazendo flexões e, acima de tudo, conquistando uma plateia que não se cansava de cantar todos os êxitos que Toy trouxe até nós, fazendo-se acompanhar da sua banda e de duas vozes femininas que muito contribuíram para o extraordinário êxito de uma Passagem de Ano que dificilmente poderemos esquecer.

Um dos versos mais conhecidos de “Coração Não Tem Idade (Vou Beijar)” deu mote ao nome da compilação que Toy lançou em 2018, Toda a Noite Hmmm Hmmm, que para além do referido tema, inclui outros êxitos do cantor, como “Estupidamente Apaixonado”, “És Tão Sensual” ou “Aguenta-te Com Esta”., canções que foram o pico da sua maravilhosa atuação.

Só nos resta congratular os responsáveis pela vinda de Toy até nós, fazendo votos de que ao longo de 2019 este magnifico artista possa voltar a atuar entre nós.

 

Alexandre Franco

Comments: 0

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.