Macedo Winery

Views: 85

O vinho faz parte da tradição e cultura portuguesa desde sempre. E o saber fazer, que passou de pais para filhos, atravessou oceanos. A arte de fazer vinho espalhou-se assim pelo mundo e ainda hoje se mantém a tradição – todos os anos, em casa de muitas famílias portuguesas, mesmo que a viver longe da sua terra natal, o vinho é produzido numa mistura de castas e tempos de fermentação que tem muito de ciência, mas ainda mais de saber de experiência feito.

Em Toronto há quem, desde há muitos anos, ajude a manter a tradição – a família proprietária da Macedo Winery. Yvonne Macedo explica-nos como tudo começou.

 “O negócio começou em 1974. Os irmãos do meu marido tinham comprado um supermercado no 1032 Bloor Street e lá é que começou. A partir daí o meu marido começou a vender uva porque aqui em Toronto, em setembro e outubro, muitos portugueses e italianos faziam, e fazem, o seu vinho em casa. E assim começou. Compramos um prédio na Caledonia, onde estamos abertos agora, e depois daí compramos a 1381 Dufferin e o negócio, conforme o tempo foi passando foi expandindo para certas coisas diferentes. Temos a uva, no mês de setembro e outubro, temos o Ferment on Premise e temos a adega. Portanto são os três negócios sobre vinhos”.

A oferta diversificou-se, sempre com o vinho no centro das atenções da Macedo Winery e, principalmente, a vontade de ir ao encontro das necessidades dos clientes. “No Ferment on Premise a pessoa dirige-se à nossa loja, encomenda o seu vinho, deixa a fermentar e nós fazemos a filtragem. Depois vem buscar o vinho – se quiser leva em balde ou pode fazer o engarrafamento na loja. Isso é uma opção. A segunda opção é dirigir-se à adega e comprar o vinho porque temos vinhos que vêm de Portugal, da Argentina, da Itália e também do Canadá. E, portanto, pode comprar em garrafa e também em caixa para levar para sua própria casa. Nós também temos mosto, que é o sumo, em balde para as pessoas levarem e para fermentarem na sua própria casa, e aí fica com o seu vinho. Portanto, há várias opções de fazer o vinho”.

E para que a oferta seja diversificada e a escolha fique ao gosto do cliente, a Macedo Winery trabalha com várias castas, cerca de 20 qualidades diferentes.

“Tem o Cabernet Sauvignon, tem o Merlot – isto são tintos que eu estou a dizer – Shiraz, Alicante, e também o branco, temos também Chardonnay, Moscato, são vários e então depende… Muitas pessoas fazem assim uma mistura ou podem só comprar uma casta de uva e fazer só um tipo de vinho” 

Perante tanta oferta a escolha pode ser mais difícil. Por isso, e como na Macedo Winery tudo se faz para que o cliente saia satisfeito, há ainda a opção de provar para fazer a escolha certa – “Se uma pessoa entrar e tiver dúvidas do vinho para levar, ele ou ela podem provar o vinho antes de levar para ver se é mesmo o vinho que eles querem. Então torna-se mais fácil para o cliente decidir aquilo que quer. Temos os nossos empregados e nós também estamos aqui para ajudar a escolher o melhor vinho para você”. Mas na Macedo Winery o serviço personalizado pode incluir a rotulagem – normal ou para aqueles momentos mais especiais das nossas vidas. “Os nossos clientes podem pôr rótulos nas garrafas. Há muitas pessoas que fazem para casamentos, agora para o natal para ofertas, batismos…é muito popular! Porque, em geral, mesmo para ofertas de casamento, batismo ou aniversários fica uma oferta com uma fotografia dos noivos ou com os nomes para darem aos seus convidados”.

E ainda há a possibilidade de agendar um wine tasting para os mais apreciadores ou apenas mais curiosos aprenderem algo mais sobre a origem e processo de vinificação dos diferentes vinhos disponíveis para prova.

“Normalmente para o wine tasting a pessoa tem de fazer uma marcação. Entre duas até dez pessoas – é o máximo que nós fazemos. Leva por volta de uma hora, hora e meia depende de quantas pessoas temos. Mas fazemos provas a oito vinhos, eu falo de onde o vinho vem, os sítios de Portugal, da Itália, da Argentina, também do Canadá e também fazemos um tour da nossa loja aqui. É uma forma da pessoa ficar a aprender mais sobre o vinho.”

Chegado o vinho a granel, é na adega que a magia acontece. Depois de todos os testes e análises para se ter a certeza que tudo está perfeito, a família decide se pode ou não ser comercializado. De novo na Macedo Winery a qualidade está acima de tudo.“No lado da adega temos uma licença própria para importar o vinho a granel. Então vem à volta de vinte mil litros de cada vez, em cada contentor. Quando chega o vinho vai dentro dos tanques de inox. O nosso wine maker é que faz as provas todas para ver, por exemplo, a acidez, o álcool, para ver se o vinho está mesmo bom. Se for preciso fazer misturas nós conversamos e decidimos. Quando o vinho está pronto engarrafamos e depois vamos vender ao público. Temos a vender em vários tamanhos, temos em garrafa de 75cl, temos em litro e meio, meio galão, também temos em galão dentro do vidro e também temos os vinhos em caixa que também temos em quatro litros, oito e dezasseis. Então vale a pena, se uma pessoa tiver uma festa em casa, comprar uma caixa porque o preço é melhor” 

Apesar desta ser uma indústria tradicionalmente associada ao homem, aqui na Macedo Winery as mulheres assumem um papel fundamental.

“Temos um sistema aqui muito interessante – a equipa é composta por mulheres. Na minha localização da Dufferin e Ossington, são mais mulheres que homens a trabalhar. É com grande orgulho que apoiamos e temos estas mulheres que sabem sobre vinho e trabalham diariamente com vinho. Eu acredito que é muito inspirador para muitas mulheres.” 

Com o negócio firme e preparado para crescer cada vez mais, agora é a vez das filhas se agarrarem ao futuro, que parece tão promissor – nada que surpreenda, quando a vontade de progredir e ter sucesso e’ cada vez maior.

“Expandir, talvez comprar vinhas lá em Portugal ou na Califórnia. Eu e a minha irmã estamos muito felizes agora a trabalhar aqui no nosso negócio, mas também na Ossington: vamos abrir lá uma adega. É uma coisa nova, estamos muito contentes. Eu normalmente estou lá a trabalhar, mas um dia, quem sabe… O meu sonho é um dia comprar vinhas em qualquer lado ou até trazer mais vinhos de Espanha, mais de Portugal, França, Itália, quem sabe…”

Aimee e Daisy têm um outro projeto paralelo, do qual se orgulham muito. As duas associaram-se à educação para crianças africanas.

“Uma coisa em que realmente acredito é em retribuir à comunidade. Tendo isso em conta, a minha irmã e eu estamos associadas a uma escola para crianças órfãs, na Tanzânia. Já lá fomos, pelo menos, três vezes e esperamos lá voltar no futuro, não temos a certeza quando. Mas é algo que estamos constantemente a desenvolver… O nosso sonho é terminar uma escola lá, que já está em andamento. Mas é algo que fazemos de coração, queremos retribuir à comunidade. Se por acaso quiserem fazer um donativo podem fazê-lo nas nossas lojas. É direcionado a uma escola chamada Nelito em Arusha, Tanzânia.”

Com o natal à porta a Macedo Winery tem algumas propostas bem tentadoras. “Vamos ter uma promoção, como todos os anos temos. Vai começar duas semanas antes do natal. Se precisarem de informações é só telefonar para o 416 535 0416 e explicam-vos a promoção. Também vamos ter cabazes de natal à venda – vamos ter vários tamanhos e vários preços. Já leva vinho e leva sempre chocolates, umas bolachinhas, que é para ajudar a beber o vinho que vai dentro (risos). Portanto, têm que passar por cá para verem ou telefonar e nós podemos explicar. Como estamos a entrar na época natalícia queremos desejar aos nossos queridos clientes e aos nossos familiares um feliz natal e um próspero ano novo cheio de alegria, paz e saúde. E não se esqueçam do copo de vinho! Feliz natal!”

Comments: 0

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.