Canadá

Para 500 indocumentados renova-se a esperança

O Governo federal anunciou uma política pública temporária para fornecer residência permanente para trabalhadores de construção civil na Grande Área de Toronto.

No dia 5 de julho de 2019, através de um anúncio no seu site, o governo do Canadá lançou uma nova iniciativa temporária para criar um caminho para a residência permanente para até 500 trabalhadores que se encontram fora de status, na indústria da construção, na região metropolitana de Toronto.

O anúncio, intitulado “Política Pública Temporária para Trabalhadores da Construção Fora do Status na Grande Área Toronto”, observou que os trabalhadores desta indústria vieram para o Canadá com status de residente temporário, depois perderam o status. Durante o curso de anos – ou mesmo décadas – eles permaneceram no Canadá. O relatório admitiu que a presença deles, embora como trabalhadores indocumentados, abordou a escassez significativa de mão-de-obra na indústria da construção, contribuiu para a economia e suas comunidades. O governo destacou que os trabalhadores indocumentados que trabalham numa indústria significativa contribuem para salários deprimidos para os canadianos, e deixa-os abertos à exploração e ao abuso.

A política responde a um recente relatório parlamentar sobre escassez de mão-de-obra na indústria da construção no GTA. O comité que estudou esse problema recomendou que o governo explorasse soluções para trabalhadores que tivessem nenhum status de imigração ou status instável. A medida política prevê que cônjuges e filhos dependentes sejam incluídos no pedido de residência permanente.

Candidatos potenciais devem identificar-se ao Canadian Labor Congress (CLC), uma organização trabalhista nacional. O CLC está a trabalhar num processo adequado para receber candidaturas. Técnicos da CLC determinarão a elegibilidade de possíveis candidatos e depois serão encaminhados para o departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá. Os candidatos preencherão os requerimentos se forem considerados elegíveis.

O governo fornecerá um aviso no seu site com mais detalhes durante a semana de 22 de julho de 2019.

Renata Brum

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close