Canadá

Orçamento Federal 2018: Vencedores e derrotados

O orçamento federal de 2018 está em linha com estimativas anteriores do Ministério das Finanças do Canadá que antecipa um cenário de déficit no futuro.
Para os próximos cinco anos o orçamento revê as projeções de déficit do governo em baixa numa média de $ 167 milhões por ano em comparação com previsões do outono. Desta forma, o mais próximo que Otava vai estar de um orçamento equilibrado deverá ser no ano fiscal de 2022, com um déficit de $ 12,3 mil milhões. O ministro das Finanças, Bill Morneau, sublinhou, em orçamentos anteriores, que o governo considera o rácio dívida / PIB federal tão importante como o saldo global. Espera-se que a dívida continue a diminuir, passando de 30,4% em 2017-18 para 28,4% em 2022-23. Mas vamos a vencedores e a derrotados. Afinal o que é que muda com o novo orçamento?
O governo dedica um grande investimento em matéria de igualdade de género que se reflete na igualdade salarial, no combate ao assédio e à violência do género.
Em relação às comunidades indígenas, o governo dedica $ 4,1 mil milhões com especial ênfase nas infra-estruturas básicas – habitação, água e saúde.
No capítulo da ciência e meio ambiente, são $ 3,2 mil milhões para fazer pesquisa e criar um novo fundo de conservação.
Na área das refugiadas, o governo aumenta o apoio para ajuda humanitária no exterior em $ 2 mil milhões; 1000 mulheres refugiadas e meninas de zonas de conflito serão apoiadas. O governo investe $ 100 milhões nas comunidades rurais para melhorar o acesso à Internet sem fios. Por outro lado, no capítulo dos derrotados, os fumadores têm um aumento de um dólar por volume de cigarros e o imposto está fixado para aumentar anualmente. Apesar das reivindicações, o governo não reforça as medidas de combate aos paraísos fiscais nem aumenta o apoio à habitação social.
Ao nível de economia, caso as negociações de livre comércio com os EUA não funcionem, o orçamento não prevê fundos específicos para apoiar a indústria e os trabalhadores.
Em relação à dívida nacional, com os novos investimentos, o governo vai continuar a apresentar déficits anuais, o que vai aumentar a dívida nacional (atualmente em $ 651 mil milhões, de acordo com a Federação Canadiana de Contribuintes). A nova perspetiva mostra uma queda de $ 18,1 mil milhões para 2018-19. No total são $ 21,5 mil milhões em novas despesas ao longo de seis anos se incluirmos o ano fiscal que termina em abril.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER