Canadá

Oportunidades no Canadá

Peter Ferreira
Conselheiro da Imigração

Até ao final de 2020, o Canadá receberá cerca de um milhão de novos residentes permanentes. Depois de anunciado o plano de imigração para os próximos anos, em novembro passado, o ministro da Imigração, Ahmed Hussen, ele próprio imigrante somali no Canadá, disse que o plano “resultaria nos níveis de imigração mais ambiciosos da história recente canadiana, representando um grande investimento na prosperidade do Canadá nos dias de hoje e no futuro”.
A maioria será admitida como migrantes económicos, escolhidos pela sua experiência, nível de educação, idade, qualidades linguísticas e perspectivas de emprego. O Canadá também oferece programas de patrocínio familiar, dando aos cidadãos canadianos e residentes permanentes a oportunidade de patrocinar o seu cônjuge ou parente residente no estrangeiro, como sendo o caso dos pais, avós ou filhos dependentes.
O Canadá também defenderá a sua reputação internacional, como um refúgio seguro para os refugiados, com dezenas de milhares a serem resolvidos a cada ano, e continuará a receber uma entrada constante de estudantes, muitos dos quais, provavelmente, irão adquirir a sua residência permanente.
Se o partido Liberal, que se encontra agora no poder, ganhar a maioria nas próximas eleições – e há todas as probabilidades para que aconteça – o Canadá poderá aumentar os níveis de imigração ainda mais na próxima década. A sua política tem sido a favor de aumentar a imigração e a diversidade cultural.
Mesmo que os Conservadores, agora na oposição, cheguem ao poder, um reverso na política de imigração é bastante improvável. Quando o partido Conservador esteve no poder entre 2006 e 2015, os níveis anuais de imigração aumentaram constantemente chegando a alcançar a marca dos 250 mil por ano. Na campanha à liderança do partido do ano passado, o candidato que adotou uma posição contrária ao consenso nacional sobre imigração foi derrotado, terminando bem abaixo da votação com 7% da dos votos.
Os debates sobre imigração em Otava e em todo o Canadá são normalmente discutidos nos seus detalhes – recursos ou dinheiro para ajudar na integração, reconhecimento de credenciais estrangeiras – e não a sua ideologia. Os poucos indivíduos e instituições que propõem uma redução significativa nos níveis de imigração são vistos como um elemento marginal.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER