Canadá

Liberais de Ontário lançam plataforma para eleições do próximo ano

Liberais de Ontário lançam plataforma-toronto-mileniostadium
O lider do OLP na conferência virtual desta semana. Photo by Cole Burston

 

Os liberais de Ontário, que estão em terceiro lugar, lançaram esta semana uma plataforma online onde qualquer pessoa pode participar e dar a sua opinião sobre setores que devem ser uma prioridade para o próximo Governo de Ontário.

A plataforma #TakeTheMike foi desenvolvida pelo MPP Michael Coteau (Don Valley East) e pela candidata Kate Graham e quer ouvir a opinião de todos os habitantes de Ontário. Na conferência de imprensa de terça-feira (23) dirigida aos media étnico-culturais Coteau defendeu que esta é a maior consulta de sempre que o Partido Liberal de Ontario (OLP) já fez até hoje.

Michael Coteau e Kate Graham concorreram no ano passado para a liderança do partido, mas Steven Del Duca acabou por vencer com 58.8% dos votos em março do ano passado. Del Duca foi ministro dos

Transportes e da Economia quando Kathleen Wynne era Premier de Ontário, mas foi derrotado em 2018 pelos conservadores. Para contribuir para a plataforma não precisa de ser membro do partido e durante as próximas cinco semanas vão ser abordados dois tópicos por dia. Long-term care, saúde, economia, alterações climatéricas, educação e affordable housing são apenas alguns dos grandes temas sobre os quais os liberais esperam receber feedback.

A conferência de imprensa contou com a presença de 18 medias étnico-culturais e uma das questões levantadas pela Canadian Ethnic Media Association foi se os liberais iam continuar a apoiar estes media que perderam muitas receitas por causa da pandemia. A presidente Madeline Ziniak recordou que que a antiga Premier Kathleen Wynne se tinha comprometido a investir $7 milhões e Del Duca explicou que enviou uma carta ao Premier Doug Ford no início da pandemia a alertar para a urgência deste problema e prometeu que se for eleito vai voltar a rever este montante porque, entretanto, a situação agravou-se.

O líder do OLP disse que a recuperação da economia da província só pode acontecer com as pequenas e médias empresas e criticou o Governo de Ford pela pouca experiência que tem demonstrado até aqui. “O meu avô costumava dizer-me que a experiência é muito importante. Os empresários precisam de um Governo que os apoie e o Governo de Doug Ford não tem estado à altura”, disse. Del Duca também criticou o Governo conservador por só agora avançar que as 34 unidades de saúde de Ontário iam ter de criar os seus próprios planos de vacinação e acusou Ford de deixar os médicos de família de parte.

Atualmente o OLP tem cerca de 75.000 membros e uma das preocupações dos liberais é fazer refletir na máquina partidária a diversidade étnico-cultural da província que os liberais defendem que tem sido historicamente sub-representado – mulheres e comunidades BIPOC (negros, indígenas e pessoas de cor) e LGBTQ+ (lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros).

Depois de quase 15 anos no poder sob Wynne e do mandato do ex-Premier Dalton McGuinty, os liberais foram reduzidos ao terceiro lugar na legislatura de Ontário, atrás dos conservadores de Ford e dos novos democratas de Andrea Horwath.

Os eleitores devem ir às urnas em 2 de junho de 2022.

Joana Leal/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER