Canadá

Health Canada aprova primeiro teste de imunidade à COVID-19

O Governo Federal está a oferecer financiamento para as grandes empresas canadianas para ajudá-las a manter os funcionários empregados durante a pandemia. Os empréstimos vão estar disponíveis para vários setores de atividade e existem condições que têm de ser cumpridas pelos empregadores. O ministro das finanças e o PM Justin Trudeau sublinharam que o objetivo é evitar falências e ajudar empresas que não conseguem obter empréstimos de outras formas. Trudeau explicou segunda-feira (11) que as empresas vão ter de respeitar as regras dos sindicatos e das pensões e vão ser obrigadas a divulgar um plano ambiental. O Large Employer Emergency Financing Facility pode ser ativado por empresas com receitas anuais de mais de $300 milhões e os empréstimos podem chegar aos $60 milhões. O Governo sublinha que empresas que já tinham processos de insolvência em curso antes da pandemia não se qualificam para este apoio.

Algumas crianças de Quebec voltaram às aulas segunda-feira (11). Embora a província seja a primeira a reabrir no Canadá depois da pandemia da COVID-19, o regresso vai ser diferente e as escolas primárias e os infantários reabrem apenas fora da área de Montreal. Os alunos vão ser obrigados a cumprir distanciamento físico e vão ter de lavar frequentemente as mãos. Os professores vão usar máscara e luvas e o regresso às aulas não é obrigatório.

Uma fábrica de processamento de carne no Quebec encerrou porque 64 funcionários testaram positivo para COVID-19, cerca de 13% da força laboral da fábrica. A Cargill fica a 35 km a sul de Montreal e segundo o sindicato United Food and Commercial Workers cerca de 171 funcionários estão em casa porque estão doentes ou estiveram em contacto com alguém que apresentava sintomas de COVID-19.

As autoridades identificaram parte dos restos mortais do capitão Brenden Ian MacDonald, uma das seis vítimas mortais do acidente com um helicóptero militar canadiano que caiu no mês passado no mar Mediterrâneo. Abbigail Cowbrough, de 23 anos, foi a primeira vítima a ser identificada e repatriada pelas autoridades canadianas. As causas do acidente continuam por apurar.

O Governo Federal anunciou terça-feira (12) um novo pacote financeiro para apoiar os idosos que estão em asfixia económica devido à COVID-19. Ao todo são $2,5 mil milhões que vão ser distribuídos por 6,7 milhões de idosos em todo o país. Os idosos que se qualifiquem para o Old Age Security (OAS) vão receber $300 e os que se elegerem para o Guaranteed Income Supplement (GIS) podem receber mais $200.

Documentos obtidos pela CBC News descrevem uma longa lista de alegações contra funcionários da Agência de Serviços de Fronteiras do Canadá, que vão desde abusos de autoridade e associação criminosa até força excessiva e assédio sexual. Algumas das alegações já foram investigadas e outras ainda estão sob investigação. A Agência de Serviços de Fronteiras do Canadá recebeu mais de 500 queixas contra funcionários entre janeiro de 2018 e o início de 2020 e o país emprega cerca de 6,500 oficiais no controlo das fronteiras.

O cantor canadiano Bryan Adams foi criticado porque publicou nas suas redes sociais um post sobre o novo coronavírus que algumas pessoas consideraram racista. O cantor pediu desculpas e disse que queria apenas promover o veganismo.

O plano da Air Canada de introduzir controlos obrigatórios de temperatura a todos os passageiros, para ajudar a garantir que os canadianos viajam em segurança, está a levantar preocupações com a privacidade. Os especialistas na matéria alertam que a medida pode violar as leis de privacidade, uma vez que solicita informações pessoais sensíveis que não são baseadas em evidências.

A Health Canada autorizou o primeiro teste serológico COVID-19 para uso no país para detetar anticorpos específicos para o vírus. O teste foi desenvolvido por uma multinacional italiana de biotecnologia e foi aprovado nos EUA. O teste vai ser usado em laboratórios canadianos para detetar anticorpos COVID-19 e ajudar a perceber se as pessoas que foram infetadas são imunes ao vírus.  A agência canadiana diz que pelo menos um milhão de amostras de sangue vão ser recolhidas e analisadas nos próximos dois anos para rastrear o vírus na população em geral.

Os estudantes que não conseguem encontrar um trabalho de verão e os alunos recém-formados que ainda não têm colocação vão poder solicitar o apoio financeiro do Governo Federal esta sexta-feira (15). O Canada Emergency Student Benefit vai disponibilizar $1,250 por mês durante quatro meses e os alunos com deficiências podem obter um valor extra de $750. O PM Justin Trudeau diz que os alunos têm que criar obrigatoriamente uma conta na Canada Revenue Agency e diz que aqueles que estão a trabalhar mas recebem menos de $1,000 por mês também são elegíveis para o envelope financeiro. O programa criado para apoiar os estudantes tem um fundo de $9 mil milhões.

A Colúmbia Britânica está a abrandar as restrições à COVID-19, mas as estrelas de cinema, os jogadores de hóquei e os operadores de cruzeiros não vão receber passes especiais devido às regras de autoisolamento e às limitações no acesso aos portos da província. A oficial de saúde da província avisou que se a Liga Nacional de Hóquei escolher Vancouver como um de seus locais para reabrir a temporada, os jogadores e os oficiais de equipa que cheguem de fora do Canadá vão ser obrigados a cumprirem quarentena.

O PM Justin Trudeau anunciou quinta-feira (14) um pacote financeiro para os pescadores afetados pela crise da COVID-19. O Governo vai apoiar até 75% da receita perdida até $10.000 para os pescadores cujas receitas caíram 25%. O apoio vai também estender-se àqueles que trabalham por conta própria e no próximo ano Trudeau diz que os requisitos para solicitar o subsídio de desemprego vão ser ajustados de acordo com as receitas deste ano. O fundo de apoio à pesca disponibilizado pelo Governo Federal ronda os $470 milhões.

O ministro do Ambiente, Jonathan Wilkinson, diz que os parques nacionais vão reabrir em junho. Da lista fazem parte parques nacionais, locais históricos e cursos de água e áreas nacionais de conservação marinha e acampar continua a ser proibido, pelo menos até 21 de junho.

A Canada Revenue Agency está a planear avançar com medidas para verificar se os canadianos receberam indevidamente benefícios de emergência durante a crise da COVID-19. No entanto as autoridades dizem a investigação a casos fraudulentos que foi prometida pelo PM Justin Trudeau no parlamento não vai acontecer em breve. A confirmação surge depois de terem vindo a público casos em que as pessoas receberam indevidamente o apoio do CERB, o Canada Emergency Response Benefit.

Joana Leal/MS

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close