Canadá

Covid-19 já matou mais de 22.000 pessoas no Canadá

milenio stadium - pandemia já matou mais de 22.000 canadianos

 

A semana de 8 de março marca um ano depois que muitos canadianos foram informados para ficar em casa e limitar as suas deslocações para travar a transmissão do novo coronavírus.

A nossa vida mudou e festivais, eventos desportivos e concentrações sociais foram suspensos por causa da pandemia. No Canadá, o primeiro-ministro Justin Trudeau designou o dia 11 de março como National Day of Observance for COVID-19, um dia de homenagem a todos os que morreram vítimas de COVID-19. O governo pediu aos canadianos para refletirem sobre o papel dos profissionais de saúde e dos trabalhadores de serviços essenciais no combate à pandemia.

Na Câmara dos Comuns o líder do NDP e o Premier do Quebec também falaram sobre o efeito devastador do vírus no país. Desde março do ano passado que a pandemia matou mais de 22.0000 canadianos.

Até agora a Health Canada aprovou quatro vacinas e cerca de 1,5% da população canadiana já recebeu as duas doses da vacina. Numa conferência de imprensa coletiva, Trudeau disse esta quarta-feira (10) que as vacinas estão a chegar ao país e que cada vez mais pessoas estão a ser vacinadas.

Em Toronto, a cidade mais populosa do país, mais de 100.000 pessoas contraíram o vírus e quase 2.700 pessoas morreram. As autoridades de saúde e o autarca John Tory disseram que estão a fazer todos os possíveis para vacinar o máximo de pessoas e agradeceram a dedicação dos profissionais de saúde no combate à pandemia. O Premier de Ontário também publicou um vídeo no Twitter onde elogiou o esforço dos habitantes da província no cumprimento das regras de saúde pública.

CBC/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER