Brasil

Roubadas à mão armada 20 doses de vacinas em centro de saúde brasileiro

(FILES) In this file photo taken on February 09, 2021, nurse Janete Da Silva Oliveira holds a dose of Oxford-AstraZeneca COVID-19 vaccine in the Nossa Senhora Livramento community on the banks of the Rio Negro near Manaus, Amazonas state, Brazil. – Brazil on March 12, 2021 approved the final registration of Britain’s AstraZeneca coronavirus vaccine, saying the “benefits outweigh the risks”, even though the immuniser has been suspended in several European countries pending studies of unwanted side effects. (Photo by MICHAEL DANTAS / AFP)

Dois homens armados invadiram esta segunda-feira um posto de saúde na cidade brasileira de Natal (nordeste) e roubaram dois frascos de vacinas contra a covid-19, com o equivalente a 20 doses do antídoto, informaram fontes policiais.

O roubo ocorreu num posto médico localizado numa favela de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte e uma das cidades que se encontra numa situação crítica devido ao agravamento da pandemia, que já deixa quase 12 milhões de casos e 294.042 mortes no país.

Segundo a diretora do posto de saúde, Elvira Maranhão, os homens, ambos encapuzados e armados, tentaram roubar as vacinas logo pela manhã, mas as doses ainda não haviam chegado ao posto médico.

“Quando viram que a enfermeira não trazia vacina, mas sim água sanitária, eles foram embora. Eu disse: ‘Eles vão voltar’. Pedi à polícia para vir, para ficar cá. Os dois estavam armados e encapuzados”, afirmou Elvira Maranhão em entrevista à televisão local InterTV.

Contudo, a polícia permaneceu no local apenas de manhã, tendo os assaltantes regressado ao local e levado as doses do imunizante.

polícia municipal de Natal confirmou à agência espanhola Efe que os dois homens foram detidos após o assalto, mas não especificou se as vacinas foram recuperadas.

O Brasil é atualmente o segundo país do mundo com mais mortes e casos do novo coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, onde, ao contrário do país sul-americano, a curva epidemiológica começou a descer.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER