Brasil

Fecho de praias no Brasil deixa milhares de vendedores em agonia

Os vendedores de praia do Rio de Janeiro, Brasil, já com pouco negócio nos últimos tempos devido ao encerramento de pontos turísticos como o Cristo Redentor não sabem como vão ganhar a vida a partir de sábado, com o fecho das praias, bares e restaurantes.

Durante duas semanas vai ser proibida a circulação nas praias e o funcionamento de bares e restaurantes, o que vai provocar uma perda de negócio incalculável para os vendedores informais que dependem de quem estica a toalha ao sol.

O Governo federal prometeu um vale de 200 reais, cerca de 37 euros, durante os próximos três meses para ajudar quem fica sem negócio devido às medidas de contenção para travar o Covid-19.

Estima-se que existam no Brasil 38 milhões de trabalhadores informais – sem contrato de trabalho – entre eles os vendedores de praia.

Veja o vídeo aqui.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW