Blog

COVID-19: Ford diz aos habitantes de Ontário para não fazerem planos para a Páscoa

O número de casos diários de COVID-19 e de internamentos continua a aumentar em Ontário e o Premier Doug Ford pediu às pessoas para não fazerem planos para a Páscoa. Ford disse que mais confinamentos podem estar a caminho porque a situação é muito preocupante.

Ford diz aos habitantes de Ontário-canada-mileniostadium
Créditos: DR.

O Premier disse que o governo vai seguir as orientações das autoridades de saúde e garantiu que a prioridade é a saúde da população. Terça-feira (30) foi o último dia do general aposentado Rick Hillier à frente da task-force de distribuição de vacinas na província.

Na saída Hillier sublinhou que todos os habitantes elegíveis vão ser vacinados até ao primeiro dia de verão. Uma das questões dos jornalistas foi se a província estava a considerar mudar o seu plano de vacinação, uma vez que os jovens correspondiam agora à maioria dos casos na província. Mas para o Premier, o objetivo continua a ser cuidar dos mais vulneráveis, o que significa que Ontário vai manter a estratégia de vacinar primeiro as pessoas mais velhas.

Segundo ao Serviços de Cuidados de Saúde Críticos de Ontário, mais de 46 pessoas foram internadas entre segunda (29) e terça-feira (30). Esta quarta-feira (31) estavam 410 pessoas nos cuidados intensivos em toda a província.

O pico de admissões nos cuidados intensivos aconteceu em janeiro, durante a segunda vaga, quando 420 pessoas foram internadas. Em média os pacientes estão internados cerca de duas semanas.

A Ontario Hospital Association avisou a província que enquanto luta para combater a terceira vaga pode enfrentar uma onda de transferências de pacientes e que muitas cirurgias podem ser canceladas. Um especialista em doenças infeciosas que faz parte da mesa científica que aconselha o Premier diz que a COVID-19 está fora de controlo em Ontário e que as hospitalizações já superam os 20% desde que a província teve o último confinamento.

Um epidemiologista da Universidade de Toronto alerta que o atual ritmo de vacinação não é suficiente para conter o aumento de casos que é em grande parte devido às novas variantes, sobretudo a que foi identificada pela primeira vez no Reino Unido. As novas variantes correspondem agora a 68% de todos os casos de Ontário.

CBC/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER