BlogSaúde & Bem-estar

Chega de exageros!

Chega de exageros-mundo-mileniostadium
DR.

Acho que já todos nós nos mentalizamos que este Natal vai ser muito diferente daquele a que estamos acostumados. A grande diferença será que muito provavelmente vão estar menos pessoas à volta da mesa a celebrar esta data tão especial. No entanto, se há coisa que percebemos ao longo deste ano é que há sempre a possibilidade de nos adaptarmos!

E isso também se aplica… ao que comemos! Sim, estes tempos de confinamento deixaram mazelas! E se nos deixarmos levar por uma época que por si só já é sinónimo de exageros… caímos em desgraça! Sabiam que é possível ganhar mais de dois quilos só na véspera de Natal? Isto sem referir a má disposição nos dias seguintes…

O que me dizem então de inovarmos e fazermos umas pequenas “trocas” na nossa mesa de Natal? Deixo-vos algumas sugestões!

Os aperitivos 

Esqueçam os rissóis, os croquetes e os folhados de salsicha! Os frutos secos, também eles típicos desta época mas muitas vezes “desprezados” são um aperitivo natural e muito mais saudável! Apostem em nozes, castanhas, avelãs e amêndoas. Mas atenção: nada de exagerar! É que estes alimentos são bastante calóricos!

Hidratos de carbono 

Temos que fazer escolhas! Comer arroz e batatas no mesmo prato está fora de questão, como devem calcular! Experimentem, por exemplo, fazer um arroz com frutas secas ou uma farofa com legumes! Opções saudáveis e muito saborosas!

A aposta (vencedora) em carnes magras 

Bem, aqui o prato tradicional está aprovado! A carne de peru é uma das carnes mais saudáveis para a ceia de natal, já que é uma carne magra e contém alto teor de nutrientes, como o ferro e as vitaminas do complexo B. Um truque para aliviar a digestão é consumirem o peru acompanhado de frutas leves. Ah, e se conseguirem resistir, não comam a pele! 

E vai acima…

Se as festas são sinónimo de bebidas alcoólicas, o melhor é apostar em vinhos e espumantes, que são menos calóricos.  Os especialistas sugerem alternar um copo de água com um copo de bebida. Não deixem, no entanto, de preparar uma bebida diferente… como por exemplo uma limonada de frutos vermelhos!

Hidratar!

É uma luta constante, não é? Pois, eu bem sei que não é fácil beber a quantidade diária recomendada de água… mas temos que fazer o esforço. Se nesta altura, que está mais frio, custa ainda mais cumprir esta tarefa, porque é que não bebem antes um chá? 

Comer a horas

É muito importante não ficar mais de três horas sem comer – é que se o fizermos vamos evitar andar a petiscar a cada 10 minutos! 

Longe da vista…

Se por norma recebe a família em sua casa, um bom truque para não “cair em tentação” é tapar as entradas e as sobremesas! Longe da vista… longe da boca! 

A sopinha

Sempre! Seja ao almoço ou ao jantar, para pequenos e graúdos! É uma forma de não comermos tanto no prato principal, já que nos dá uma maior sensação de saciedade! 

Atenção aos temperos

Uma salada pode ser muito saudável… até que a temperamos! Basta um fio de azeite, um pouco de vinagre e orégãos! Nada de exageros ou de outros molhos! Se quiserem mais sabor, apostem nas especiarias!

O melhor de vários “mundos”

Se não conseguem dizer não a nenhuma das sobremesas, o melhor será experimentar apenas um pedacinho de cada. Eu disse um pedacinho e não um pedação!

Dividir o mal pelas aldeias

No final da noite não se esqueçam de distribuir as sobras por toda a família. Ficam todos a ganhar!

Inês Barbosa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER