Madeira

TAP leva de volta a casa 40 trabalhadores retidos no Porto Santo

Um avião da TAP aterrou, esta manhã, no Porto Santo para ir buscar trabalhadores de construção civil.

Cerca 40 pessoas, que se encontravam a trabalhar no Colombo’s Resort, poderão assim regressar a Portugal Continental e juntar-se aos seus familiares, numa iniciativa coordenada entre a Protecção Civil, a Vinci e a PSP.

O avião foi fretado pela empresa CASAIS e aproveitou para transportar carga de correio para o Porto Santo.

Inforcolombo mantém portas abertas em tempo de “emergência”

Na sequência da declaração de Estado de Emergência, muito poucas empresas na ‘modesta’ economia da Ilha Dourada tem permissão legal para manter as portas abertas. As empresas dedicadas à informática, como é o caso da ‘Inforcolombo-sistemas de informática’, fazem parte desta excepção.

Ainda assim, o empresário Aldónio Correia diz que “as coisas não estão fáceis”.

“Tenho realmente alguns serviços, visto faço que faço reparações” e que “as pessoas precisam de alguns dispositivos electrónicos para permanecerem em suas casas a trabalhar”. No entanto, em termos de vendas de produtos “está efectivamente muito fraco”, porque “as pessoas não saem de casa” ou não compram “nada de substancial (como ratos, tinteiros, cartões de memória ou fotocópias”, sustenta.

De resto, permanecem legalmente abertos os supermercados (aqui mais movimentados) e lojas de acessórios para carros, onde o movimento é diminuto.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW