Madeira

Tablets para alunos do 5.º ano têm protecção para “conteúdos menos aconselhados”

O secretário regional de Educação, entregou, esta sexta-feira, os manuais digitais aos alunos do 5.º ano de escolaridade da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro, mais conhecida como Escola do Galeão.

Na iniciativa, Jorge Carvalho explicou, dirigindo-se sobretudo aos encarregados de educação, que os tablets entregues aos estudantes não têm acesso livre a todos os “sites e plataformas” quando estão fora da sala de aula. A medida visa proteger a formação das crianças, não permitindo “acesso a conteúdos menos aconselhados”. Na escola, explicou, “está preparado, tem uma ferramenta que permite que tenha todas as funcionalidades da escola e, particularmente, em ambiente de sala de aula”, permitindo que o aluno possa aceder a várias dimensões do mundo digital.

Jorge Carvalho disse ainda que a escola do Galeão esteve “desde o primeiro momento na vanguarda”, desde que a secretaria regional de Educação apresentou este projecto. Tal facto aconteceu no ano lectivo anterior, quando este estabelecimento escolar “se disponibilizou para, com uma turma da escola, realizar essa experiência”. No final, “a avaliação que se realizou foi extremamente positiva, tanto por parte dos alunos como por parte dos professores”. Daí que o Governo Regional tenha ficado com algumas garantias para partir para o passo seguinte: “A desmaterialização da sala de aula, substituindo os manuais físicos, livros, (…) por manuais digitais, que vão estar no interior do tablet”.

O governante lembrou duas vantagens do novo métodos de aprendizagem: as mochilas mais leves, porque os alunos não têm de transportar muitos livros; e, a partir de agora, nunca esquecerem o manual em casa, porque transportarão todos os livros, sempre, no tablet. E pediu responsabilidade: “Tratem tão bem este tablet, como tratam os vossos telemóveis”, já que “sem ele haverá muitas limitações na dinâmica de sala de aula e de estudo em casa”.

A iniciativa contou, também com a presença dos representantes da Porto Editora e da Samsung, parceiros da Secretaria Regional de Educação no Projecto dos Manuais Escolares Digitais.

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close