Madeira

Pesca, produção de ovos e abate de gado aumentaram na Madeira

A Madeira registou no primeiro semestre deste ano, um aumento na pesca, produção de ovos e no abate de gado, relativamente ao mesmo período de 2018, tendo registado uma diminuição no abate de frango.

Segundo os dados recolhidos pela Direcção Regional de Estatística da Madeira (DREM) junto dos aviários industriais da Região, a produção de ovos verificada no 1.º semestre de 2019, rondou os 9,9 milhões de unidades, aumentando 23,9% em termos homólogos. No mesmo período, o abate de frango diminuiu 1,9% face aos primeiros seis meses do ano anterior, totalizando 1.561,2 toneladas.

Quanto aos dados fornecidos pelo Centro de Abate da Região Autónoma da Madeira (CARAM), verificou-se um aumento de 5,5% no gado abatido, atingindo, no primeiro semestre deste ano, 404,7 toneladas.

No domínio das pescas, a informação recolhida junto da Direcção Regional de Pescas para o 1.º semestre de 2019, mostra que este período se caracterizou por aumentos homólogos tanto nas quantidades capturadas de pescado (+44,8%, cifrando-se o total dos primeiros seis meses deste ano em 4.228,7 toneladas) como no valor de primeira venda (+31,9%, sendo o total semestral de 12,1 milhões de euros).

A Direcção Regional de Pescas adianta que os acréscimos nas capturas de atum e similares, que sofreu um aumento de 71,0%, determinaram o crescimento dos números globais para o período em referência. A espécie com maior volume de capturas nos primeiros seis meses deste ano foi efectivamente o atum e similares (66,4% do total). Já a captura de peixe-espada preto aumentou 12,1% em quantidade e 0,8% em valor de primeira venda.

O preço médio de pescado apurado na primeira venda para o período em referência (excluindo-se nestes cálculos o pescado descarregado destinado a autoconsumo) foi de 2,88€ (3,16€ no mesmo período de 2018), com o preço médio para o atum e similares a atingir os 2,69€ (2,81€ no período homólogo) e para o peixe espada-preto os 3,49€ (3,88€ nos primeiros seis meses do ano precedente).

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close