Madeira

Miguel de Sousa assume que os clubes da Madeira são “dos menos apoiados em Portugal”

O presidente da Assembleia Geral do Nacional, Miguel Sousa, discursou esta noite no jantar de gala comemorativo dos 109 anos de história do Clube Desportivo Nacional e assumiu que “em dez anos, os clubes madeirenses passaram a ser dos menos apoiados em Portugal”.

“Tanto falaram e invejaram o apoio público que nos era concedido, de forma absolutamente transparente e cristalina, que hoje todos parecem ter mais do que nós e ninguém parece querer saber como. Braga, Guimarães, Boavista, e Famalicão deixaram de ser do campeonato das equipas da Madeira. Passaram à nossa frente. Outros passarão em breve. Não me cabe falar dos nossos rivais e expresso-me apenas pelo Nacional, e porventura até talvez apenas em nome pessoal. Mas temo que, neste tempo, não possamos viver mais do que em ritmo de sobe e desce. Sempre com mais riscos de descer do que certezas de subir. É fácil perceber porquê”, referiu Miguel de Sousa, esclarecendo que “com os actuais meios financeiros não são possíveis melhores equipas” pelo que “não há folga para maiores investimentos”.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close