Madeira

Mapa perdido na Madeira retém 18 milhões à Caixa

A Caixa Geral de Depósitos está a tentar executar um terreno de 17 hectares na Madeira dado como garantia num crédito concedido à Grão Pará. Mas para isso tem de conseguir avaliá-lo, o que ainda não foi possível. Em falta está um “mapa” desta área que fica junto ao Aeroporto Cristiano Ronaldo.

O assunto está no ‘Negócios’ desta quarta-feira que revela que o terreno em questão foi dado pela Grão Pará como garantia num empréstimo. A perita nomeada pelo tribunal em 2018 para avaliar o terreno ainda não deu início ao processo. A empresa diz que tem que ser a CGD a disponibilizar o mapa; a instituição liderada por Paulo Macedo diz que não foi notificada para entregar o documento. Sem o mapa, o terreno não pode ser avaliado.

O processo remonta a 2000, quando o aeroporto da Madeira foi ampliado. O terreno em questão fica, precisamente, junto à infraestrutura. Ao Negócios, o presidente do conselho administrativo da Grão Pará diz que a empresa deve 18 milhões de euros por incumprimento da lei do Governo de Alberto João Jardim.


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close