Madeira

Madeirense vai dirigir cadeia central da PJ

Maria Fátima Andrade da Côrte, natural do concelho de São Vicente, de 59 anos, é a nova directora do Estabelecimento Prisional junto da Polícia Judiciária, em Lisboa. O despacho da Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais que a designa para o cargo foi publicado hoje no Diário da República.

A cadeia instalada junto à PJ de Lisboa tem a classificação de segurança alta e “destina-se a acolher os detidos que vão ser presentes ao juiz de instrução criminal, ou que estejam à ordem deste, bem como quaisquer reclusos cuja presença se revele necessária à instrução de processos-crime, à realização de investigações criminais ou a diligências a cargo da Polícia Judiciária”.

Fátima Corte licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1988 e é detentora do Curso do Magistério Primário, ministrado pelo Ministério da Educação e concluído em Julho de 1979. Actualmente era directora do Estabelecimento Prisional de Tires e desde 1 de Agosto de 2013 que é administradora prisional de 4.º grau.

Entre 1979 e 1988 foi professora dos 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico. De 1988 a 1991 foi técnica de Informação e Relações Públicas da Direcção Regional de Educação de Lisboa e desde 1992 foi formadora de diversos módulos nos cursos de formação inicial para guardas prisionais e formadora de Execução de Penas e Medidas Privativas da Liberdade para técnicos de reeducação. Passou a adjunta da Direcção do Estabelecimento Prisional de Sintra de Outubro de 1991 a 25 de Fevereiro de 2002. A partir desta última data e até 31 de Julho de 2013 foi directora do Estabelecimento Prisional de Sintra.

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close